Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

O que acontecerá com Brasil x Argentina após suspensão da partida?

Partida entre Brasil x Argentina foi suspensa aos quatro minutos de jogo pela polêmica envolvendo Anvisa e jogadores argentinos

O Brasil x Argentina deste domingo (5), pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, foi interrompido com apenas quatro minutos de jogo por causa da confusão envolvendo a presença ou não de quatro jogadores argentinos (Romero, Buendia, Emiliano Martínez e Lo Celso) que descumpriram protocolos de segurança sanitária, segundo a Anvisa, e que deveriam ter sido deportados.

O jogo foi paralisado quando agentes da Anvisa entraram no gramado na Neo Química Arena pedindo pela saída dos jogadores, que não avisaram à Anvisa que passaram pela Inglaterra antes de vir ao Brasil e, que, pelas regras vigentes, não deveriam estar no Brasil. Depois de minutos de confusão, os atletas da Albiceleste deixaram o gramado e não retornaram em protesto.

Agora, o destino de Brasil x Argentina irá parar nas mãos da Fifa, que poderá deliberar sobre o futuro da partida e até a chance de punição aos envolvidos pelo ato, que pode até envolver eliminação da Copa do Mundo.

O que pode acontecer?

Brasil x Argentina será analisado pela Fifa, através de suas comissões disciplinares. Uma das possíveis orientações poderá ser a retomada do jogo a partir do momento em que este foi interrompido. Para isso, a entidade máxima do futebol deverá apontar uma nova data para a continuação da partida.

A posição argentina sobre o caso será avaliada pela retirada de campo. Se a Fifa entender que a explicação dos albicelestes não indica um ‘motivo de força maior’ pelo abandono de campo (isto é, não indicar que houve motivos considerados ‘plausíveis’ para que o time tivesse que não jogar), o caso irá a julgamento e punições fortes podem chegar.

Caso a Fifa entenda a culpabilidade dos argentinos pelo abandono, Brasil x Argentina terminará com W.O. a favor dos brasileiros e os pontos revertidos a estes, além do pagamento de multa de 10 mil francos suíços. Se o entendimento for para penas mais duras, a Argentina poderia até mesmo a eliminação da Copa, portanto sendo expulsa das Eliminatórias.

‘Precedente’ teve Brasil envolvido em 1989

Um caso famoso envolveu o Brasil, mas por motivos diferentes dos deste jogo de domingo. Nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 1990 (jogo disputado em 1989), Brasil x Chile jogaram no Maracanã e, durante a partida (até então vencida pelos brasileiros por 1 a 0), um sinalizador foi atirado ao gramado na direção da área chilena.

Roberto Rojas, então goleiro do time chileno (e que defendia o São Paulo), simulou ter sido atingido pelo foguete, atirado por Rosinery Mello (chamada de ‘Fogueteira do Maracanã pelo incidente e falecida em 2011). A seleção chilena deixou o campo em protesto contra a alegada agressão e o jogo foi encerrado prematuramente.

A Fifa investigou o caso e, quando a farsa fora descoberta, o Brasil ganhou os pontos da partida (W.O.) e o Chile acabou banido das Eliminatórias da Copa de 1994 pelo ato, assim como Rojas, que foi banido do futebol (embora tenha trabalhado como treinador, comandando o São Paulo em 2003).

LEIA TAMBÉM

Messi desabafa com Neymar e critica ação da Anvisa em Brasil x Argentina: “Faz três dias que estamos aqui

Weverton marca golaço em rachão do Brasil após suspensão do jogo contra Argentina; assista

Presidente da CBF detona Anvisa em decisão de Brasil x Argentina: “Lamentável”

Após Messi, PSG mira novo reforço para fechar elenco galáctico

Galvão dispara contra polêmica em Brasil x Argentina: “Vergonha mundial”

Times da Série A chegam a 27 trocas de técnicos na temporada; veja lista

Banco planeja injetar bolada no Flamengo, mas pede algo importante em troca

Fifa dá avanço importante para viabilizar Copa do Mundo de dois em dois anos

Leia mais: