Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

COI se posiciona contrário à realização da Copa do Mundo a cada dois anos

Comitê Olímpico Internacional entende que encurtamento do tempo entre as competições bateria de frente com torneios de outros esportes

Wemerson Ribeiro
Formado em Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi, com passagem pelo Portal R7, como estagiário, na editoria de Esportes.

Crédito: Montagem: Reprodução / Twitter @fifamedia e @Olympics

O COI (Comitê Olímpico Internacional) veio a público para se posicionar formalmente contra a realização da Copa do Mundo de futebol a cada dois anos. O tema polêmico conta com apoio de ex-jogadores, mas enfrenta impasses com entidades pelo mundo.

Fala machista de Verstappen com namorada brasileira é criticada na internet: ‘Idiota’

A nota lançada pela organizadora das Olimpíadas (evento quadrienal) argumenta que o encurtamento do tempo entre os Mundiais “diminuiria a diversidade e o desenvolvimento de outros esportes que não o futebol”. O estudo realizado pela Fifa é visto com preocupação pelo COI também pelo bem-estar dos atletas:

“Os planos, em particularmente dobrar a frequência da Copa do mundo, criaria mais uma pressão imensa no físico e na saúde mental dos jogadores.”

Ronaldo “Fenômeno” é um dos ex-jogadores que apoiam a ideia proposta pelo presidente da Fifa, Gianni Infantino. Segundo o pentacampeão mundial, a mudança pode ser encarada como uma “evolução no futebol”. Já entidades como UEFA e Conmebol vão na contramão e repudiam a ideia.

Veja mais:

Mercado da Bola: Para ter Lewandowski, City pode liberar Sterling para o Bayern

Hulk faz festão para anunciar nome e sexo de bebê com sobrinha de ex-esposa

São Paulo: Volpi é 2º goleiro com mais defesas difíceis do Brasileirão 2021