Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Flamengo e Palmeiras correm risco de punição na Libertadores; entenda

Fla e Verdão medem forças pela conquista do continente na última semana do próximo mês

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Cesar Greco - Ag. Palmeiras - Divulgação

O duelo entre Palmeiras e Flamengo pela grande final da Libertadores é amplamente aguardado. Com sede em Montevidéu, no Uruguai, o embate do dia 27 de novembro, terá como palco do estádio Centenário, e há a projeção de um contingente significativo das duas torcidas que viajarão para acompanhar o jogo. Contudo, as duas equipes podem sofrer sanções, caso seus respectivos torcedores se envolvam em confrontos no país vizinho. A informação é do colunista do UOL Esporte, Marcel Rizzo.

Segundo Rizzo, Palmeiras e Flamengo correm risco de punição através da Comissão de Disciplina da Conmebol, mesmo a segurança sendo de responsabilidade da própria entidade. Recentemente, o jornalista Mauro Cezar Pereira revelou em sua coluna no mesmo portal, que há o iminente risco de conflitos entre torcedores durante a viagem do Rio até a capital uruguaia, bem como no entorno do Centenário. Prints de conversas entre as duas torcidas foram revelados.

Além do receio de confrontos entre alviverdes e rubro-negros, ainda há o agravante da possibilidade de confusões envolvendo torcedores uruguaios, principalmente pessoas ligadas ao Peñarol, que já teve seus torcedores se envolvendo em brigas recentes contra representantes dos dois times brasileiros.

Ainda de acordo com Rizzo, este cenário tem deixado a Conmebol preocupada. As polícias dos dois países estão em conversas para alinhar um esquema de segurança, e os dois clubes já foram orientados a criarem campanhas contrárias à violência para que nenhuma intercorrência possa acontecer.

Rizzo aponta o artigo 9 do Código de Disciplina da Conmebol, que enfatiza a seguinte situação. “as associações membros e os clubes são responsáveis pelo comportamento de seus jogadores, oficiais, membros, público presente, torcedores, assim como qualquer outra pessoa que exerça ou possa exercer algo em seu nome”. Independente do local da confusão, os dois clubes poderiam ser enquadrados no artigo 9.

O tipo de punição oscila de acordo com a gravidade do caso. Em termos de multa, a sanção vai  de US$ 100 a US$ 400 mil enquanto as punições esportivas podem ir de fechamento de portões em jogos até uma decisão mais severa de proibição de disputa de uma competição.

LEIA TAMBÉM:

Vampeta polemiza e prevê saída de dois jogadores na seleção: “Vocês vão ver o que Tite vai fazer com esses caras”

Que dia é a final da Libertadores entre Palmeiras x Flamengo

Vão reduzir as vagas do Brasil na Libertadores? Confira o que a Conmebol acha

Marcos Braz surpreende ao falar se Flamengo é favorito contra o Palmeiras na Libertadores

Vampeta aponta problema de Neymar e cita Ronaldo Fenômeno como exemplo

Seleção brasileira: confira a agenda de jogos após a vitória diante da Colômbia

Perfil brasileiro da Conmebol se confunde e diz que Argentina é o time com “mais mortes” por jogo

Jornalista surpreende e elege técnico ideal para o momento do Grêmio

Com quantos anos os craques brasileiros disputaram as sua últimas Copas do Mundo?

As melhores notícias de esportes, direto para você