Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Lucas Moura ironiza prêmio dado à mulher trans: “Quero meu prêmio de cabelo mais bonito do ano”

Jogador deixou seu comentário em uma publicação nas redes sociais

Rogério Araujo
Jornalista formado pelo Centro Universitário de Brasília - UNICEUB. Colaborador do Torcedores desde 2017. Dono do canal Séries e Filmes no Instagram.

Crédito: Reprodução/Instagram

O jogador brasileiro Lucas Moura ironizou a notícia sobre a atleta transgênero Laurel Hubbard ser eleita a esportista feminina do ano. O prêmio foi concedido pela A Universidade de Otago, da Nova Zelândia.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Em uma postagem do perfil Fui Clear no Inatagram com a imagem de uma reportagem que dizia: “Homem biológico leva prêmio de Atleta Feminina do Ano na Nova Zelândia”, o atacante ironizou em tom de desaprovação.

“Quero meu prêmio de cabelo mais bonito do ano”, escreveu Lucas Moura.

Laurel Hubbard ficou mundialmente conhecida após se tornar a primeira mulher transgênero a disputar uma Olimpíada. Ela participou dos Jogos Olímpicos de Tóquio desde ano.

“Não poderíamos ter pensado em ninguém mais merecedora de ser eleita atleta feminina do ano do que Laurel Hubbard, que representou Otago e a Nova Zelândia incrivelmente bem nos Jogos Olímpicos de Tóquio deste ano”, disse a presidente da Ousa, Michaela Waite-Harvey, em entrevista à imprensa local.

 Reprodução/Instagram

LEIA TAMBÉM:

Torcedores do Palmeiras picham muro após nova derrota no Brasileirão: ‘Elenco vagabundo’