Torcedores – Notícias Esportivas

Apesar da pressão, São Paulo pode “segurar” Crespo até 2022 por causa da multa rescisória

Cláusula no contrato pode fazer o São Paulo manter o treinador até 2022 por questões financeiras

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc

O técnico Hernán Crespo vive um momento complicado no comando do São Paulo. Depois das eliminações na Libertadores e Copa do Brasil, para Palmeiras e Fortaleza, respectivamente, a equipe do Morumbi segue sem conseguir embalar na disputa do Campeonato Brasileiro, e após a 23ª rodada ocupa a 13ª colocação, com 28 pontos, apenas cinco a mais que o primeiro time no Z4. Apesar do desempenho ruim, a diretoria Tricolor bancou a permanência do argentino, mas o real motivo da permanência do treinador pode ser financeiro.

Crespo atualmenteCrespo valor que o São Paulo precisará desembolsar se demiti-lo neste momento. A partir de 2022, porém, esse valor cai para 500 mil dólares (cerca de R$ 2,7 milhões hoje). Essa queda no valor da rescisão é uma das cláusulas do contrato válido até dezembro de 2022.

Como o São Paulo não vive um bom momento financeiro, a questão da multa rescisória faz o clube do Morumbi adotar uma postura mais cautelosa com relação ao futuro de Crespo, que soma 55 jogos no comando da equipe, com 24 vitórias, 19 empates e 12 derrotas – o argentino foi peça importante na conquista do Campeonato Paulista diante do Palmeiras no primeiro semestre.

Uma reunião realizada na segunda-feira (4), dia seguinte ao empate contra a Chapecoense, lanterna do Brasileirão, selou a permanência de Crespo no São Paulo, apesar da pressão, mas um resultado adverso diante do Santos, pela 24ª rodada, na próxima quinta-feira (7), às 18h30, no Morumbi, pode deixar a situação do comandante insustentável.

Em meio aos rumores de uma possível demissão de Crespo, alguns nomes passaram a ser especulados para o cargo, como o ex-goleiro e ídolo do clube Rogério Ceni, sem clube desde a demissão do Flamengo, em julho. O português Antônio Oliveira, ex-Athletico Paranaense, e o argentino Sebastian Beccacece, do Defensa y Justicia, também estão entre os cotados.

Leia mais:
Três nomes são especulados como substituto de Crespo no São Paulo; confira
Cicinho não releva e detona Benítez no São Paulo: “Ele fica andando no treinamento”
Caso Crespo seja demitido, Cicinho revela quem será o novo treinador do São Paulo

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes