Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Trae Young afirma que não estão respeitando o Hawks: “Ninguém fala de nós”

Ao falar sobre a falta de atenção de muitos torcedores e jornalistas em relação à franquia, Trae Young destacou a transmissão de uma partida em especial

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Divulgação

Das quatro franquias que foram finalistas de conferência da temporada 2020/2021 da National Basketball Association (NBA) 2020/2021, o Atlanta Hawks foi, certamente, a mais surpreendente delas. E a situação, ao menos de acordo Trae Young, segue semelhante. O armador mostrou-se irritado com a falta de holofotes que a equipe anda recebendo.

Em entrevista coletiva, Trae Young disparou contra a imprensa que acompanha a NBA. “Não acredito que estamos recebendo o respeito que merecemos. Assisto muita TV e vejo as pessoas mencionando as contratações das outras equipes. Mas ninguém fala de nós”, pontuou o jogador.

Em outro momento, Trae Young foi ainda mais específico. O atleta comentou que assistiu a primeira partida da temporada regular 2021/2022 e não se sentiu feliz com a transmissão da peleja. “No jogo entre Milwaukee Bucks e Brooklyn Nets, eles estavam falando sobre estas duas equipes nas finais do Leste. Não é legal. Não estou satisfeito e sei que meus companheiros também não estão”, vociferou.

Na última temporada, o Hawks foi a quinta colocada na temporada regular da Conferência Leste. Na primeira rodada dos playoffs, a equipe superou o New York Knicks em cinco jogos. Na semifinal, tirou o Philadelphia 76ers, primeiro colocado na temporada regular, em sete jogos. A equipe da Georgia só foi brecada na final da conferência. Capitaneados por Trae Young, o time perdeu, em seis jogos, para o Milwaukee Bucks, campeão da temporada.

LEIA MAIS
Equipe da NBA vê novo filme da saga Star Wars em shopping que era alvo de tiroteio
Terra plana: conheça as estrelas da NBA que acreditam na teoria
Craque do Golden State Warriors faz cirurgia e volta à NBA apenas em 2020, afirma empresário do jogador