Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Carlos Arthur Nuzman é condenado a quase 31 anos de prisão

Carlos Arthur Nuzman ainda pode recorrer da decisão

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Divulgação/Rio 2016

Uma notícia no fim da noite de quinta-feira, 25 de novembro, chacoalhou o esporte do Brasil. Carlos Arthur Nuzman foi condenado a 30 anos,11 meses e oito dias de prisão. As informações são do ge.

Os crimes imputados ao ex-presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) são: corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

A ordem de prisão foi expedida pelo juiz Marcelo Bretas do Ministério Público do Rio de Janeiro com base na operação Unfair Play. A operação investigou a compra de votos para a escolha do Rio como sede das Olimpíadas de 2016. Nuzman pode recorrer da decisão.

Além de Nuzman, foram denunciados: o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral Filho, o empresário Arthur César de Menezes Soares Filho, o ex-diretor de operações do comitê Rio 2016, Leonardo Gryner, os dirigentes senegaleses do atletismo Lamine Diack e seu filho Papa Diack.

Carlos Arthur Nuzman está preso, desde 2017, pela Polícia Federal e na ocasião também houve uma devassa em documentos no apartamento do dirigente, localizado no Neblon, Zona Sul do Rio.

O esquema de corrupção, segundo os investigadores, tinha a participação do ex-governador Sérgio Cabral. O dinheiro teria vindo do empresário Rei Arthur. Em março de 2017, o jornal francês “Le Monde” denunciou que, três dias antes da escolha da cidade brasileira, houve pagamento de propina a dirigentes do Comitê Olímpico Internacional.

Carlos Arthur Nuzman foi atleta de vôlei e na modalidade chegou a presidência da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) no meio da década de 70, toda a de 80 e inicio de 90. No COB, foi presidente da entidade de 1995 a 2017.

LEIA TAMBÉM

Barueri fecha patrocínios e mantém projeto vivo

Aos 16 anos, Sophia Medina conquista seu primeiro título como profissional no Saquarema Surf Festival

Verônica Hipólito inicia tratamento de radioterapia e ressalta: “Viver com medo é viver pela metade”

Nicole Silveira vence o Prêmio Brasil Olímpico pela 2ª vez consecutiva

Como final entre times brasileiros da Libertadores influencia no Brasileirão?

Libertadores: 20 fatos curiosos que talvez você não saiba sobre a competição

Zinho faz alerta sobre problema do Flamengo para final da Libertadores: ‘Pode ser um fator negativo’

Decisão no Brasileirão e Bundesliga: veja os principais jogos e onde assistir nesta sexta-feira (26)

Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato

Brasileirão Série B 2021: confira a tabela completa do campeonato