Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Enes Kanter dispara contra dono do Brooklyn Nets por apoio ao governo chinês: “Joseph Tsai é um covarde”

Joseh Tsai, taiwanês que também é dono do Barclays Centes e do New York Liberty, foi chamado de “covarde” e “fantoche” por Enes Kanter

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Divulgação

Conhecido por opiniões extracampo fortes, Enes Kanter somou mais uma polêmica para a carreira. Na última quarta-feira (24), o pivô do Boston Celtics, franquia da National Basketball Association (NBA), atacou um dos nomes mais importantes da liga. Trata-se de Joseph Tsai.

Taiwanês de nascimento, Tsai foi acusado por Enes Kanter de ser um “fantoche do governo chinês”. A explicação para a crítica é geopolítica. A China trata Taiwan, bem como Hong Kong e Tibete, como províncias rebeldes. Já os territórios citados se veem como independentes – alguns deles, inclusive, obtendo o reconhecimento de outros países.

A revolta de Enes Kanter chamou atenção de quem acompanha a NBA pelo alvo. Tsai é dono do Brooklyn Nets, rival da divisão do Atlântico do Celtics. O taiwanês também é o dono do Barclays Center, ginásio onde a franquia de New York joga. Em outras ligas, ele também é dono do New York Liberty, da Women’s National Basketball Association (WNBA).

Confira o tweet da revolta:

(Tradução do tweet de Enes Kanter: “O dono do Brooklyn Nets, Joe Tsai, é um covarde e fantoche do governo chinês. Ser anti-China não significa ser anti-asiático. É possível ser “Pare com a Xenofobia contra Asiáticos” e se levantar contra o Partido Comunista Chinês. Os direitos humanos não são valores “ocidentais”, são valores UNIVERSAIS! Covarde”).

LEIA MAIS
Equipe da NBA vê novo filme da saga Star Wars em shopping que era alvo de tiroteio
Terra plana: conheça as estrelas da NBA que acreditam na teoria
Craque do Golden State Warriors faz cirurgia e volta à NBA apenas em 2020, afirma empresário do jogador