Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Palmeiras: Felipe Melo questiona favoritismo do Flamengo, exalta torcida e fala de dores no joelho

Felipe Melo entrou no segundo tempo da prorrogação, na final entre Palmeiras e Flamengo

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 28 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: César Greco/Palmeiras

A expectativa pré-jogo era de que Felipe Melo fosse titular, na final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo. O meio-campista do Verdão concedeu entrevista coletiva ao lado do técnico Abel Ferreira, na véspera de decisão realizada em Montevidéu.

Entretanto, o jogador palmeirense foi reserva, entrou nos minutos finais da prorrogação e contribuiu para a vitória por 2 a 1.

O resultado deu o tricampeonato da Libertadores, ao Verdão. Após o jogo, o meio-campista explicou porque iniciou a partida no banco de reservas.

“Essas dores no joelho me impossibilitaram jogar, mas eu me considero também uma parte importante dentro do título porque eu fui importante em jogos da primeira fase, na semifinal”, iniciou.

Show da torcida

Felipe Melo também destacou o comportamento da torcida do Palmeiras, no estádio Centenário. A quantidade maior era de flamenguistas, mas os palmeirenses apoiaram mais durante o jogo.

“O Palmeiras não é gigante apenas nos jogadores. É gigante na torcida também, haja vista o que fez a torcida. Estávamos em menor número e gritamos o tempo todo. A torcida do Palmeiras deu uma aula de como é torcer”, elogiou.

“E não importa se você está com menos ou mais. Eles fizeram o barulho deles de forma fenomenal. É um título muito merecido”, acrescentou Felipe Melo.

Tem que ter respeito

Felipe Melo também questionou o teórico favoritismo dado ao Flamengo, antes da bola rolar.

“O favoritismo existe e é normal. Mas as pessoas têm que saber respeitar a história do Palmeiras. Como você vai colocar como favorito alguém que vai jogar contra o Palmeiras?”, perguntou.

“Tudo bem: pode ser que existem atletas, de repente, de melhor qualidade ou momento. Mas somos o Palmeiras”, observou.

Felipe Melo também lembrou que o Palmeiras era o atual campeão da Libertadores. “E agora a gente acabou renovando isso. Tem que ter respeito, assim como respeitamos eles também”, prosseguiu.

Trajetória vencedora no Palmeiras

A Libertadores 2021 é o quinto título de Felipe Melo, no Palmeiras, desde que foi contratado, em 2017.

“Quando eu cheguei no Palmeiras, eu falei que queria ganhar título. E como Deus faz né? Veja você: eu chego no Palmeiras, no ano passado eu joguei toda a primeira fase e me quebrei. E eu pude entrar, ainda, e jogar a final”, destacou.

Dificuldades até o título

Felipe Melo também lembrou que os comentários, após o título da Libertadores 2020, foram de que o Palmeiras enfrentou adversários sem tanta tradição no campeonato. Entretanto, o cenário mudou no tricampeonato.

O Verdão encarou boas equipes como Defensa y Justicia e Independiente del Valle, na fase de grupos. Além disso, eliminou Atlético-MG e derrotou o Flamengo para vencer, novamente, a Libertadores.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

“Dessa vez a gente pegou uma chave super forte. E na final super forte também”, finalizou.

Leia também:

Provocações ao Flamengo, fogos de artifício e discurso de Leila Pereira: tudo sobre a festa do Tri do Palmeiras

Palmeiras: Felipe Melo dá declaração preocupante sobre Mundial de Clubes

Rivaldo cobra convocação de Dudu: “merecia chance”

Ricardo Goulart, Soteldo e mais: veja quais jogadores Leila Pereira pode contratar

Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato

Brasileirão Série B 2021: confira a tabela completa do campeonato