Torcedores – Notícias Esportivas

CR7 é o quinto atleta mais bem pago da história; Jordan lidera e Neymar é o quarto no futebol

Jogador profissional desde 2009, Neymar já acumulou 615 milhões de dólares, aponta publicação da Sportico. Cristiano Ronaldo aparece em quinto

Rafael Alves
Colaborador especialista.

Crédito: Philipp Schmidli/Getty Images

Na última quinta-feira (4), o site Sportico divulgou os atletas mais bem pagos da história do esporte com valores corrigidos de acordo com a inflação. A lista é liderada por Michael Jordan, que iniciou a carreira no basquete em 1984 e recebeu 2,62 bilhões de dólares.

Com três nomes do golfe em sequência, o top-5 é finalizado com o atacante português Cristiano Ronaldo. Profissional de 2002, passando por Sporting, Real Madrid, Juventus e agora o Manchester United, o jogador acumulou 1,24 bilhões de dólares.



Neymar é o quarto mais bem pago no futebol

O atacante brasileiro Neymar é o 21º atleta mais bem pago da história, de acordo com estudo da Sportico. A lista inclui os esportistas de diversas gerações desde 1950 e corrige os valores de pagamentos segundo a inflação.

Jogador profissional desde 2009, o camisa 10 da seleção brasileira já acumulou 615 milhões de dólares entre as temporadas por Santos, Barcelona e Paris Saint-Germain. Na lista, ele fica atrás apenas de Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e David Beckham.

Fonte: Arte do jornal “The Sun” com números do Sportico


LEIA TAMBÉM:

Deyverson na Europa, novidades no Flamengo e fofoca de Neymar: as últimas notícias do futebol

Neto detona “soberba” do Flamengo e afirma vantagem do clube: “Já tinha o VAR antes do VAR”

Libertadores: Neto crava título do Palmeiras e pede busto para Abel Ferreira no clube alviverde

Neto quer título do Atlético-MG e coloca Cuca em patamar de Telê Santana, Muricy e Felipão

CBF toma decisão sobre polêmica em convocações e avisa clubes

Palmeiras: Até quando Abel Ferreira tem contrato com o Alviverde?

Substituto de Renato? Técnico define confições para fechar com Flamengo

Série B: título, acesso e luta contra o rebaixamento; veja as chances faltando cinco rodadas