Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ataque vira problema para o São Paulo na reta final do Brasileirão

São Paulo vive problema grave no setor ofensivo com diversos atacantes vivendo fase complicada e enfrentando longas sequências de jogos sem marcar gols

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: saopaulofc.net

Antes apontado como solução de problemas na temporada, o ataque virou um grande problema para o São Paulo nesta reta final do Brasileirão, principalmente desde a chegada de Rogério Ceni.

Com as contratações de Calleri, Eder e Rigoni, o o tricolor paulista conseguiu melhorar o rendimento com muitos gols e assistências. Mas assim como o restante da equipe, o ataque acabou caindo de rendimento e agora virou motivo para preocupação.

Calleri foi contratado no final de agosto e em outubro marcou 3 gols em 4 jogos. Porém, depois deste início promissor, acumula três jogos sem marcar e acabou sendo expulso contra o Flamengo, virando desfalque para o clássico contra o São Paulo.

Rigoni chegou a ser ovacionado pela torcida com 7 gols e 4 assistências nos primeiros 15 jogos, só que a quantidade de gols perdidos cresceu desde então e o atual jejum é de cinco jogos. Também contra o rubro-negro carioca, perdeu uma chance incrível e ainda ouviu a torcida gritar o nome de Luciano.

Eder possui uma situação diferente pois foi contratado pela experiência na Europa e acabou sendo uma aposta nos mesmos moldes de Diego Costa. Mas, após 28 jogos na temporada, não conseguiu sequência com Crespo e está sem espaço com Rogério Ceni por ter marcado apenas 5 gols.

São Paulo possui outros problemas no setor ofensivo

Outros jogadores no ataque também rendem abaixo do que o esperado. Pablo ainda é o artilheiro do São Paulo na temporada com 13 gols em 37 jogos, mas a instabilidade entre boas e más atuações impedem que o ex-Athletico tenha uma sequência. Contra o Red Bull Bragantino e contra o Palmeiras pela Libertadores, perdeu chances decisivas.

Luciano chegou a ser ovacionado pela torcida no Morumbi, mas está sem marcar gols há 11 jogos e acumula apenas 7 gols em 37 jogos na atual temporada. Em 2020, foi artilheiro com 21 gols em 38 jogos.

Rojas conseguiu se recuperar de duas lesões e voltou para o São Paulo na atual temporada, tendo destaque em abril com 2 gols em 3 jogos durante o Paulistão. Desde então, marcou apenas 2 gols e provavelmente seu vínculo não será ampliado com o São Paulo.

Por fim, Marquinhos conseguiu ser destaque contra o Racing pela Libertadores e a aposta de Hernán Crespo parecia dar certo. Só que o jovem nunca conseguiu repetir a grande atuação contra o Racing e ainda sofreu lesão na coxa, ficando afastado por dois meses. Desde quando retornou, virou uma aposta de Rogério Ceni, mas não marca gols há 14 jogos.

O São Paulo precisa diversos problemas no ataque, mas esses precisam ser rapidamente corrigidos na próxima quarta-feira (17), quando o tricolor paulista terá pela frente o Palmeiras em clássico no Allianz Parque, às 21h30 pelo horário de Brasília.

 

LEIA TAMBÉM

Botafogo vira sobre o Operário e garante vaga à Série A do Brasileirão

Pato, Ricardo Goulart, Romero, Paulinho e mais: 10 jogadores que podem voltar a jogar no Brasil em 2022

Assista: Tadeu Schmidt se despede dos Cavalinhos do Fantástico e emociona público

Neymar sente incômodo muscular e não viaja para encarar a Argentina pelas Eliminatórias

Hostilizado por pedir camisa do Palmeiras, torcedor do Santos não quer voltar a Vila Belmiro: “Trauma muito grande”

Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato

Brasileirão Série B 2021: confira a tabela completa do campeonato

As melhores notícias de esportes, direto para você