Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Botafogo vira sobre o Operário e garante vaga à Série A do Brasileirão

Botafogo conseguiu a virada diante do Operário no Nilton Santos com mais de 20 mil pessoas e garantiu o retorno à Série A do Brasileirão para 2022

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Reprodução

As melhores notícias de esportes, direto para você

 
Botafogo Botafogo 2-1 Operário Ferroviário Operário
Brasileirão Série B 2021 - 36ª Rodada

O Botafogo venceu o Operário de virada por 2 a 1 nesta segunda-feira (15) e garantiu o retorno matematicamente para a primeira divisão do Brasileirão.

Mesmo controlando a posse no primeiro tempo, o Botafogo esbarrou em falhas técnicas e problemas de criação e acabou saindo para o intervalo com o zero no placar, apesar do apoio da torcida.

No início do segundo tempo, o Operário voltou mais ofensivo e pressionou o Fogão até marcar o gol com Fabiano. No entanto, o Fogão se reorganizou e buscou a virada com Pedro Castro e Rafael Navarro, levando a torcida à loucura no Nilton Santos.

Primeiro tempo

Na etapa inicial, o Botafogo começou dominando a posse de bola e construiu algumas chances interessantes diante do Operário que marcava em bloco intermediário, na região do meio-campo.

Com apoio da torcida, Marco Antônio foi lançado pelo lado direita do ataque e cortou para o meio batendo rasteiro de canhota aos 4′, mas Thiago Braga defendeu.

Aos 11′, o Operário chegou com perigo em oportunidade rara. Thomaz recebeu dentro da área após jogada na esquerda e finalizou por cima em bola que passou perto do gol.

Depois de um jogo truncado, o Fogão voltou a ter boas oportunidades com Diego Gonçalves recebendo na intermediária e ajeitando, mandando por cima. Aos 21′, Marco Antônio recebeu de Navarro na ponta direita e exagerou na força. Na sequência, Chay roubou no ataque e tentou encobrir Thiago Braga, mas finalizou para fora.

Na melhor chance dos visitantes, Fabiano recebeu na entrada da área e bateu de canhota, exigindo defesa de Diego Loureiro que espalmou no susto.

Com o passar do tempo, o ambiente no Nilton Santos ficou mais tenso com a torcida do Botafogo mais impaciente. Aos 35′, Reniê tentou tirar escanteio na primeira trave e mandou na direção do gol, assustando a torcida do Operário.

Mas a principal chance do primeiro tempo foi aos 37′. Após bola levantada, Navarro ajeitou de cabeça para Oyama dominar tirando do marcador e sair na cara do goleiro na pequena área, mas na conclusão, isolou a bola. Apesar de dominar as ações, o Botafogo esbarrou nos problemas técnicos e na criação no último setor e saiu para o intervalo com empate.

 

Segundo tempo

O Operário voltou para a etapa complementar com formação mais ofensiva, tendo o atacante Rodrigo Pimpão no lugar do volante Leandro Vilela. A alteração mudou o panorama da partida e os visitantes foram dominantes.

Thomaz recebeu aberto na esquerda e ajeitou para o meio aos 2′, batendo direito para o gol e pegando Diego Loureiro de surpresa que espalmou no rosto. Na cobrança de escanteio, o goleiro do Botafogo se atrapalhou com o sol e se complicou na defesa. Carli teve que afastar.

Aos 7′, contra-ataque perigoso do Operário com Paulo Sérgio sendo lançado no ataque e soltando chute firme de direta por cima do gol. Aos 13′, o atacante cobrou falta da intermediária e parou em defesa segura de Diego Loureiro.

O Operário conseguiu mais um ataque de perigo aos 15′ pela esquerda em velocidade. Pimpão chegou na área e conseguiu uma bicicleta na medida, mas Diego Loureiro foi no canto e fez grande defesa. Mas na sequência, não foi possível impedir o gol.

Fabiano aproveitou sobra dentro da área em cobrança de escanteio aos 16 minutos e chutou firme de canhota para vencer Diego Loureiro e abrir o placar para o Operário diante do Botafogo.

Carlinhos e Warley foram acionados no Botafogo após o gol e a torcida vaiou a atuação de Hugo, perdendo a paciência. Mas aos poucos, o Fogão foi retornando ao jogo e Diego Gonçalves quase marcou na chegada pela área após cruzamento de Oyama.

E aos 28 minutos, quando a torcida parecia não mais acreditar em um bom resultado, o gol de empate saiu. Chay dominou na direita e cruzou na medida para Pedro Castro vencer a marcação e testar firme no canto, empolgando novamente a torcida do Botafogo no Nilton Santos.

Tomando o gol de empate, o Operário optou pelo 5-4-1 para tentar segurar o ímpeto ofensivo do Botafogo na reta final, que entrou com Ronald e Barreto nos lugares de Pedro Castro e Daniel Borges. Porém, não adiantou e a torcida no Nilton Santos vibrou com o gol da virada aos 36 minutos.

Matheus Frizzo recebeu pela esquerda e cruzou na primeira trave para Rafael Navarro se lançar à bola e concluir fatalmente, vencendo o goleiro Thiago Braga para colocar o Fogão na frente do placar.

 

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2-1 OPERÁRIO

Data: 15/11/2021, 13:00
Estádio: Nilton Santos
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Gols: 2T 7′ Fabiano (Operário); 2T 29′ Pedro Castro (Botafogo); 2T 37′ Rafael Navarro (Botafogo)

Substituições – Botafogo: Carlinhos (Hugo); Warley (M.Antônio); Matheus Frizzo (Chay); Ronald (D.Borges); Barreto (P.Castro)

Substituições – Operário: Rafael Chorão (Marcelo); Odivan (F.Garcia); Marcelo (V.Guedes); Schumacher (P.Sérgio)

Botafogo (4-2-3-1): Diego Loureiro; Daniel Borges, Carli, Kanu, Hugo; Pedro Castro, Luís Oyama; Marco Antônio, Chay, Diego  Gonçalves; Rafael Navarro. Técnico: Enderson Moreira

Operário (4-2-3-1): Thiago Braga; Lucas Mendes, Fábio Alemão, Renie, Fabiano; Leandro Vilela, Vinicius Guedes; Felipe Garcia, Marcelo, Thomaz; Paulo Sergio. Técnico: Ricardo Catalá

 

LEIA TAMBÉM

Pato, Ricardo Goulart, Romero, Paulinho e mais: 10 jogadores que podem voltar a jogar no Brasil em 2022

Assista: Tadeu Schmidt se despede dos Cavalinhos do Fantástico e emociona público

Fluminense vence e Palmeiras deixa a vice-liderança do Brasileirão

Sérvia surpreende, vence Portugal e se classifica para a Copa do Mundo

Espanha vence Suécia e garante vaga direta à Copa do Mundo de 2022

Jagger Eaton é o campeão mundial de Skate Street; Lucas Rabelo fica na 2ª posição

Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato

Brasileirão Série B 2021: confira a tabela completa do campeonato