Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

São Paulo tem dívida acumulada de R$ 675 milhões em 2021

Balancete divulgado pelo clube aponta um aumento da dívida em R$ 70 milhões na atual temporada

Flavio Souza
Desde 2006 escrevo sobre esportes em geral e participo do site Torcedores.com desde dezembro de 2018, onde exerço função de Colaborador Sênior.Atualmente meu foco é no futebol brasileiro e internacional, mas procuro falar sobre outras modalidades, como esportes olímpicos, por exemplo.Meu foco é trazer informações relevantes sobre os clubes fora de campo, como entrevistas, análises financeiras, desempenho das equipes em redes sociais e análises táticas.

Crédito: Divulgação / Twitter oficial São Paulo

Apesar de encerrar seu jejum de títulos com a conquista do Paulistão, o São Paulo vive uma temporada complicada. Fora de campo isso fica evidente após a divulgação do balancete divulgado pelo clube recentemente. Conforme informação do Tricolor, a dívida atual está em R$ 675 milhões.

Trata-se de um valor considerável em relação a 2020, quando a equipe paulista fechou dezembro da última temporada com um déficit acumulado de R$ 605 milhões.

Essa situação gera grande preocupação para o conselho fiscal do clube. Inclusive, a orientação agora é de cautela em novos investimentos. Por conta disso, o torcedor tricolor não deverá esperar grandes contratações em 2022.

Impacto de Daniel Alves nas finanças do São Paulo

A contratação do agora jogador do Barcelona é um dos problemas citados pela diretoria do clube. As informações são que o São Paulo deve entre R$ 15 a R$ 18 milhões ao atleta,

“A rescisão do jogador Daniel Alves, que causou grande impacto negativo nas finanças do clube, se demonstrou inevitável. Todavia a sua passagem demonstra a importância de planejamento e responsabilidade nas contratações do futebol profissional pois sempre envolvem valores estratosféricos, sendo certo que qualquer erro com relação a essa temática pode comprometer por anos a saúde financeira do clube, assim como no caso em tela”.

Venda de jogadores

A arrecadação com transferências impacta diretamente no aumento da dívida do clube.  No orçamento para 2021, a previsão era conseguir R$ 144.6 milhões com vendas, mas até o momento o São Paulo arrecadou R$ 75,8 milhões, bem abaixo da meta.

O conselho fiscal se posicionou sobre esta questão em relatório oficial.

“Visando equacionar o déficit, é cada vez mais urgente a venda de jogadores na próxima janela, tendo em vista que fora cumprido até o momento apenas aproximadamente metade do que havia previsto em seu planejamento com relação à negociação de atletas”.

LEIA TAMBÉM:

Organizada do Flamengo conversa com Andreas Pereira após falha na Libertadores; jogador já definiu futuro
Globo monta esquema para transmitir possível jogo do título do Brasileirão do Atlético-MG; entenda
Palmeiras pode perder cinco jogadores importantes do elenco bicampeão da Libertadores para a disputa do Mundial de Clubes
Novo técnico do Flamengo, futuro de Abel encaminhado, sondagem por Gabigol, ‘novela Goulart’ e mais: as últimas do futebol
Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato
Benítez fica? Lucro milionário e mais: as notícias do São Paulo da segunda-feira (29)