Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Valentim desabafa sobre derrota do Athletico para o Corinthians: “Por que o VAR não é chamado?”

Treinador do Furacão também destacou a superação e entrega de seus jogadores na reta final da temporada

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Fabio Wosniak/ athletico.com.br

Na tarde de domingo (28), o Athletico enfrentou o Corinthians na Neo Química Arena, em São Paulo, e acabou sendo derrotado pelo placar de 1 x 0, em confronto da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O gol da partida foi marcado pelo lateral Fábio Santos em cobrança de pênalti aos 19 minutos da etapa final, em lance duvidoso que gerou bastante reclamação do Furacão, já que o árbitro Paulo Cesar Zanovelli da Silva assinalou toque de mão de Marcinho após cruzamento na área.

Em entrevista concedida depois do jogo, o técnico do Athletico, Alberto Valentim, questionou a ausência de revisão do VAR (sistema de arbitragem de vídeo) em relação à marcação do pênalti a favor dos donos da casa.

“Eu não entendo, depois revendo o lance, por que o VAR não é chamado? Por que não está fazendo o papel do VAR? Ele existe para ser revisto um lance duvidoso. Ficou claro, pela regra, que não foi pênalti. O Marcinho está com o braço apoiado, a bola bate nas costas dele. Não é desculpa. O VAR veio para minimizar erros que os árbitros estão sujeitos a cometer”, desabafou o treinador.

Valentim também exaltou a superação de seus jogadores e projetou a sequência de jogos na reta final da atual temporada, além de pedir o apoio da torcida.

“Em algumas partidas tivemos que ir no limite físico e mental. Algumas vezes trocando a maioria dos jogadores. Até ontem, estávamos em três campeonatos. Os jogadores têm sido muito guerreiros, têm se doado ao máximo. Estão sabendo da necessidade do sacrifício de todos eles”, afirmou Alberto Valentim. E acrescentou:

“Estamos ganhando quase uma semana cheia, para recuperarmos bem os jogadores e nos prepararmos para mais uma grande decisão. É muito importante para que somamos pontos e nos aproximemos de um número que vai nos deixar tranquilos. O Athletico é muito mais forte com o torcedor, com a Arena lotada, fazendo um verdadeiro Caldeirão. Vamos precisar muito do torcedor para que nos incentive e seja o décimo segundo jogador em campo”.

Com o tropeço em São Paulo, o Athletico caiu para o 14º lugar na tabela com 42 pontos, apenas dois acima do Juventude, que abre a zona de rebaixamento na 17ª colocação. O time gaúcho, no entanto, tem um jogo a menos.

Campeão da Copa Sul-Americana e finalista da Copa do Brasil, o Furacão possui, neste momento, 13% de chances de disputar a Série B em 2022, segundo dados do site “InfoBola”, do matemático Tristão Garcia.

A equipe treinada por Alberto Valentim volta a campo na próxima sexta (3) contra o Cuiabá, às 19h00, na Arena da Baixada, em Curitiba, em duelo válido pela 35ª rodada do Brasileirão.

LEIA TAMBÉM

Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato

Neymar sofre grave lesão, saídas no Flamengo, confusão na Libertadores, Bolsonaro e mais: as notícias do futebol no final de semana

Sorteio do Mundial de Clubes, Bola de Ouro, Brasileirão e mais: a agenda desta segunda-feira (29)

Mercado da Bola: 10 jogadores da Série B que seriam bons reforços na Série A

Libertadores 2022 tem 29 times classificados; veja lista atualizada com cinco clubes brasileiros

Fifa define novas datas para o Mundial de Clubes; veja quando o Palmeiras deve estrear

Bola de Ouro 2021: confira os favoritos ao prêmio e onde assistir ao evento

Palmeiras define prioridades de reforços para disputa do Mundial

Base política de Rodolfo Landim pede saída imediata de Renato Gaúcho do Flamengo

Arrascaeta vai a festa na casa de Anitta um dia após vice do Flamengo na Libertadores