Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Neymar sofre grave lesão, saídas no Flamengo, confusão na Libertadores, Bolsonaro e mais: as notícias do futebol no final de semana

Torcedores.com traz todas as notícias que foram destaque nos últimos dois dias

Cido Vieira
Jornalista graduado. Redator do Torcedores.com desde 2017. Repórter na rádio Provisão FM Caruaru.

Crédito: Reprodução

Ficou “off” no final de semana e perdeu algum detalhe do futebol? Não tem problema, se liga no compilado com tudo que agitou o mundo do esporte bretão neste sábado (27) e domingo (28). Além da finalíssima da Libertadores, teve muita coisa rolando pelos gramados brasileiros e mundo a fora.

Pochettino fala sobre lesão de Neymar em jogo do PSG: “Estamos preocupados”

O atacante Neymar protagonizou um lance forte neste domingo (28) no futebol francês. Em uma disputa de bola com um jogador do Saint-Étienne, o brasileiro prendeu o tornozelo no gramado e sofreu um grave entorse. Logo após o lance feio, o craque do PSG deixou o campo de jogo chorando, e foi amparado por companheiros.

Na entrevista pós-jogo, o técnico Pochettino se mostrou preocupado com o quadro do atacante brasileiro, e revelou que o atleta será submetido a exames nesta segunda (29).

Após a conquista do bi seguido da Libertadores, o técnico Abel Ferreira desabafou sobre o desgaste físico e mental, e deixou futuro em aberto no Palmeiras. De acordo com informações do “ge”, o português já começa a receber novas propostas no mercado. Quem se mostra como principal interessado é o Al-Nassr, da Arábia Saudita, que já sinalizou com uma oferta de 20 milhões de euros (R$ 127 milhões). Ainda segundo o portal, o treinador irá conversar com os familiares, que residem em sua terra natal, para decidir qual será seu futuro no futebol brasileiro.

Em entrevista à “ESPN” da Argentina, o volante Felipe Melo, do Palmeiras, afirmou que até o momento não foi procurado pela diretoria alviverde para uma renovação contratual. Questionado sobre a possibilidade de vestir as cores do Boca Juniors, o “Pitbull” disse que apesar das especulações, nada oficial chegou.

“Perguntam, mas ninguém me chamou. Tenho contrato até 31 de dezembro, veremos se alguém me chama. Se ninguém me chamar (Boca) e se o Palmeiras também não me chama… Vou ficar parado em casa”, enfatizou Felipe Melo, afirmando na sequência que tenha muita “lenha pra queimar” no futebol.

Um entrevero ocorrido entre torcedores do Flamengo e do Palmeiras foi protagonizado do lado de fora do Estádio Centenário. Em vídeo divulgado pelo UOL Esporte, é possível ver as duas torcidas protagonizando uma confusão em um restaurante próximo ao portão de entrada dos torcedores palestrinos. Alguns rubro-negros almoçavam, quando acabaram sendo expulsos por alviverdes vestidos com a camisa da principal organizada do clube paulista.

Campeões da Libertadores e hegemônicos no futebol sul-americano nas últimas duas temporadas, os jogadores do Palmeiras aproveitaram para cutucar o Flamengo após a conquista emblemática em solo uruguaio. Ainda no avião, de volta à São Paulo, o jovem Gabriel Menino alfinetou o volante Willian Arão, que às vésperas do embate, cravou que os rubro-negros venceriam pelo placar de 2 a 0.

A ira dos torcedores do Flamengo após a derrocada amarga na Copa Libertadores foi intensa nas redes sociais. Em vários posts, internautas rubro-negros pediram a saída de dois atletas do atual plantel: Everton Ribeiro e o chileno Isla. Sem poupar críticas, os aficionados do time da Gávea cobraram o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, para que o mesmo tome uma decisão.

Além da dupla, o nome de Renato Gaúcho também foi bastante criticado e teve saída pedida pela torcida.

Exigindo o desligamento de Renato Gaúcho, os torcedores do Flamengo entoaram pedidos para que o clube busque a contratação do técnico Marcelo Gallardo, multicampeão sob o comando do River Plate, e que na última semana faturou o título inédito que lhe faltava: o Campeonato Argentino. Para os rubro-negros, ao menos uma oferta deve ser apresentada ao treinador hermano, que tem futuro cada vez mais longe do futebol argentino.

Na última coletiva antes da final da Libertadores, o volante Felipe Melo foi questionado se, em caso de conquista, iria oferecer o título para o presidente e amigo Jair Bolsonaro. O “Pitbull”, no entanto, se esquivou do questionamento falando que não responderia nada fora do futebol, algo que surpreendeu o colunista Mauro Cezar Pereira, do UOL Esporte.

“É estranho que um personagem importante, um jogador conhecido, polêmico e que atue em um clube tão importante novamente finalista da Libertadores, o Palmeiras, queira selecionar o momento em que vai falar desse assunto. Determinada hora, ele homenageia o Bolsonaro, em outra prefere não falar dele. Por que será?”, indagou o comentarista.

LEIA TAMBÉM: 

Palmeiras atinge feito histórico que somente o Boca Juniors alcançou na Libertadores no século

Torcedores do Flamengo elegem técnico ideal para substituir Renato

Libertadores: Leila Pereira faz promessa OUSADA após Tri do Palmeiras

Brasileirão Série B 2021: confira a tabela completa do campeonato

Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato