Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Volta ao Brasil? Cueva é sondado, diz sim e pode defender novo clube

Meio-campista está no futebol árabe e deseja voltar para a América do Sul

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 28 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Ivan Storti/Santos

O meio-campista Cueva pode defender um novo clube a partir de 2022. De acordo com informações do repórter Martín Costa, do canal argentino TNT Sports, o Boca Juniors sondou o jogador peruano que, atualmente, está no futebol árabe defendendo o Al Fateh.

Segundo o veículo, o diretor de futebol do time xeneize, Riquelme, conversou diretamente com Cueva e a resposta foi positiva. Nesse sentido, a diretoria dos clubes devem abrir negociação nos próximos dias.

Ainda conforme o TNT Sports, um dos fatores que pode facilitar as negociações é a vontade do profissional. O desejo de Cueva é voltar para o futebol sul-americano.

Contratação obriga saída de estrangeiro

A possível chegada de Cueva obrigaria o Boca Juniors a ter que se desfazer de um dos jogadores estrangeiros que, atualmente, integram o plantel.

O time argentino conta com dois peruanos (Zambrano e Advíncula) e quatro colombianos (Fabra, Cardona, Campuzano e Villa).

A tendência é de que Cardona seja o escolhido para sair. Primeiro por uma questão de logística. Ele é meio-campista ofensivo, exatamente como Cueva.

O segundo detalhe é a questão contratual. O atual vínculo entre Boca Juniors e Cardona termina em dezembro do ano que vem.

Nesse sentido, a diretoria do time argentino pode agilizar uma venda para não perder o jogador de graça. A partir de junho de 2022, ele pode assinar um pré-contrato com qualquer equipe do futebol mundial.

Jogador é conhecido do torcedor brasileiro

Cueva acumula duas passagens pelo futebol brasileiro na carreira. Ele defendeu o São Paulo entre 2016 e 2017. Fez 17 gols e deu 16 assistências, em 69 jogos pelo Tricolor.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Em 2019, defendeu o Santos. O jogador foi contratado a pedido do técnico Jorge Sampaoli. A passagem, desta vez, foi mais curta. Em 16 jogos, não fez nenhum gol, nem deu assistência.

Leia também:

Mercado da bola: Soteldo está perto de acerto com gigante da Série A

Mercado da bola: Sport renova com treinador Gustavo Florentín

Santos x Boca Juniors: jogo inicia com atraso após sinalizador invadir gramado da Vila Belmiro

Série A: atacante Nico Castillo realiza exames em time do México e deve assinar rescisão com o Juventude

Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato

Brasileirão Série B 2021: confira a tabela completa do campeonato