Home Futebol Ex-Santos e Vasco, Anderson Salles comenta sobre boa fase do Bhayangkara Solo na Liga 1 da Indonésia

Ex-Santos e Vasco, Anderson Salles comenta sobre boa fase do Bhayangkara Solo na Liga 1 da Indonésia

Em sua segunda passagem pelo Bhayangkara, Anderson Salles vive um de seus melhores momentos na carreira

Flavio Souza
Formado em Gestão de TI e cursando Jornalismo. Desde 2006 escrevo sobre esportes em geral, ingressando em dezembro de 2018 no site Torcedores.com, onde atualmente exerço função de Colaborador Sênior. Atualmente meu foco é no futebol brasileiro e internacional, mas procuro falar sobre outras modalidades, como esportes olímpicos, por exemplo. Meu foco é trazer informações relevantes sobre os clubes fora de campo, como entrevistas, análises financeiras, desempenho das equipes em redes sociais e análises táticas.

Aos 33 anos Anderson Salles está em sua segunda passagem pelo futebol da Indonésia, novamente vestindo a camisa do Bhayangkara Solo. E o clube vive bom momento na liga local, podendo assumir a liderança geral neste domingo (9), no duelo contra o Arema.

PUBLICIDADE

Buscando sua 12ª vitória na competição, o brasileiro projetou o duelo válido pela 18ª rodada do campeonato.

“Ajustamos algumas situações durante a semana e agora é colocar em prática. Sabemos que não será fácil, é o chamado “jogo de seis pontos”, já que estamos próximos na pontuação. Vamos entrar bem focados para fazer o melhor e conquistar os pontos”, explica o zagueiro brasileiro Anderson Salles, que esteve presente em quinze partidas na competição.

PUBLICIDADE

[DUGOUT dugout_id=”eyJrZXkiOiJGSVJ4ZjNrRiIsInAiOiJ0b3JjZWRvcmVzIiwicGwiOiIifQ==”]

Atualmente o Bhayangkara é o segundo colocado, com 37 pontos, empatado com o Persib. Já o rival deste domingo ocupa a 3ª colocação, com 34 pontos.

Carreira de Anderson Salles

O jogador defendeu a camisa de diversos clubes no Brasil ao longo de sua carreira profissional. Revelado pelo Santos, ele se profissionalizou pelo Peixe em 2008. Outro clube onde ele conseguiu se destacar foi o Basco, entre os anos de 2014 e 2015.

Já entre os demais times que ele defendeu, destacam-se Bragantino, Ituano, Goiás, Santa Cruz e Paraná, seu último clube antes de se transferir novamente para o futebol da Indonésia.

PUBLICIDADE

LEIA TAMBÉM:

Receoso de ‘novos Lucas Limas’, Palmeiras toma medida importante sobre reforços
Ex-Grêmio, Rafinha agrediu torcedor do Internacional após provocação: “Sentou a mão no cara”
Torcedores do Atlético-MG detonam diretoria por suposto substituto de Diego Costa
Roth ataca Jorge Jesus, Atlético-MG escolhe substituto de Diego Costa e mais: as notícias do sábado (8)
Lembra dele? Ex-Vasco e Corinthians, Morais desiste de aposentadoria e é anunciado por clube alagoano
Palmeiras, Cruzeiro, Vasco, Atlético-MG, Flamengo e São Paulo jogam pela Copinha hoje (8); confira os jogos
Mercado da bola: veja todos os reforços contratados pelos times da Série A para 2022
Atlético-MG fecha dezembro como líder do Twitter nas Américas; confira o top-20