Torcedores – Notícias Esportivas

Fórmula 1: após 20 anos na Mercedes, profissional vira a casaca e reforça Red Bull

O engenheiro Ben Hodgkinson é o mais novo contratado da montadora que tem o atual campeão da Fórmula 1, Max Verstappen

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 29 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Divulgação/Fórmula 1

Mercedes e Red Bull Racing (RBR) rivalizaram a disputa pelo título da Fórmula 1 nas últimas temporadas. O nível profissional gerou reconhecimento.

Nesta sexta-feira (21), a RBR oficializou a contratação do engenheiro Ben Hodgkinson. O profissional estava na Mercedes, onde prestou serviços por 20 anos.

Entretanto, o contrato vai ser assinado apenas no dia 24 de maio, quando Hodgkinson se tornar um agente livre. Nesse sentido, ele vai chegar à nova equipe com a temporada 2022 em andamento.

A transferência ocorre dois dias após o Grande Prêmio de Barcelona. 17 corridas ainda vão ser disputadas após a referida data.

Fórmula 1: RBR já contratou outros profissionais

No ano passado, a RBR anunciou a contratação de mais cinco profissionais. Todos têm passagens pela Mercedes. São eles, Steve Blewett, Omid Mostgaghimi, Pip Clode, Steve Brodie e Anton Mayo.

Blewett estava há dez anos na Williams e vai exercer o cargo de diretor de produção, na RBR. Mostaghimi, por sua vez, será o responsável pelo equipamento dos carros da escuderia.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Clode e Mayo serão responsáveis pelo pelo design do carro, enquanto que Brodie vai ser o líder do grupo de operações.

Leia também:

Alain Prost pensou em concorrer por cargo importante da Fórmula 1

Fórmula 1: ex-piloto cita atitude “inaceitável” de chefe da Mercedes

F1: Toto Wolff avalia que seis equipes podem ser campeãs

F1: Bottas fala sobre rivalidade com Hamilton e Mercedes