Torcedores – Notícias Esportivas

Adam Silver fala sobre violência dos fãs em partidas da NBA

Casos de confrontos entre torcedores e atletas estão em alta nas arenas da liga

Thais May Carvalho
Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero (2018). Trabalha nas áreas de comunicação científica e jornalismo esportivo.

Crédito: Foto: Jason Miller/Getty Images

Na noite de terça-feira (17), o comissário da NBA, Adam Silver, conversou com a jornalista Malika Andrews, da ESPN dos Estados Unidos, e um dos assuntos abordados foi o aumento da violência por parte dos fãs dentro das arenas da NBA.

Um dos casos mais recentes aconteceu na série de playoffs entre Dallas Mavericks e Phoenix Suns. Ao final do jogo 4 da série, surgiram vídeos de Chris Paul confrontando torcedores de Dallas. Segundo relatos, eles fizeram contato físico sem consentimento com a mãe e a esposa do jogador, que ficou irritado ao saber da informação. Dois torcedores acabaram sendo expulsos da arena por conta do ocorrido.

No entanto, a discussão em torno de atos inapropriados por parte dos fãs é algo que está em pauta no último ano, especialmente desde que o retorno das torcidas foi liberado após a pandemia. Já foram registradas brigas entre torcedores dentro das arenas, pessoas jogando objetos e cuspindo nos atletas e até mesmo alguns casos de invasão de quadra.

Durante a entrevista antes da loteria do draft da NBAde 2022, Malika Andrews questionou Silver se o fato das apostas serem legalizadas nos Estados Unidos pode ter alguma relação com esses incidentes. “Fãs estão literalmente perdendo dinheiro enquanto assistem ao jogo na quadra. Qual é a responsabilidade da liga para proteger os seus jogadores?”.

Segundo o comissário, esse é um problema social que ultrapassa o mundo do basquete e das apostas: “Não tenho certeza se existe uma correlação entre o aumento das apostas em esportes e a agressão dos torcedores nas arenas. Acho que isso faz parte de uma questão social maior. Estamos vendo uma enorme polarização, vendo o discurso político, o discurso civil. Eu vejo isso em todos os lugares onde vou, e acho que, de certa forma, somos [a NBA] um microcosmo disso”.

Ele também disse que há um aumento de casos de violência nas arenas da NBA, mas que a liga está agindo para combater este problema e aumentando o número de medidas de segurança, não só para proteger os jogadores, mas os árbritros e os próprios fãs.

“99,9% dos fãs estão lá para se divertir, para estar com suas famílias. A última coisa que eles querem ver é a hostilidade dirigida a eles por outros torcedores ou certamente aos jogadores ou árbitros. Queremos ter certeza de que nossos jogadores não estejam distraídos […], a última coisa que um jogador quer, em um jogo competitivo, é olhar para seu filho ou filha nas arquibancadas, ou sua parceira, e ver que eles estão em perigo”, afirmou Adam Silver.