Torcedores – Notícias Esportivas

NBA: Rajon Rondo é acusado de ameaçar ex-namorada de morte

Segundo portal, Rondo teria apontado uma arma para a mãe dos seus filhos, que supostamente testemunharam a cena

Luís Martinelli
Jornalista formado pela Unilago (União das Faculdades dos Grandes Lagos) de São José do Rio Preto - SP.

Crédito: Getty Images

De acordo com o site TMZ Sports, o armador Rajon Rondo, que terminou a temporada 2021-22 no Cleveland Cavaliers, é acusado pela ex-namorada de a ter ameaçado de morte e apontado uma arma em sua direção durante uma discussão. Além disso, ela relata que os filhos teriam testemunhado a situação.

Segundo o portal, Ashley Bachelor, ex-parceira de Rondo e mãe das suas duas crianças, de 36 anos, entrou com um pedido de proteção emergencial na semana passada, pedindo proteção a ela, seu filho e sua filha.

Ashley afirma na denúncia que Rondo, duas vezes campeão da NBA e quatro vezes All-Star, estava jogando videogame com o filho no dia 11 de maio, quando ela pediu ao filho que separasse a roupa para lavar. De acordo com ela, Rondo arrancou o console da parede na frente do garoto.

Além disso, ela relata que o jogador prosseguiu com uma conduta destrutiva, quebrando tudo, desde uma xícara de chá até luzes externas e latas de lixo.

Então, Ashley disse que as crianças estavam tristes com o comportamento do pai deles e ela tentou “desescalar” a situação. Contudo, ela relata que Rondo respondeu fazendo uma ameaça de morte, supostamente dizendo: “Você está morta”.

Continuação das ameaças de Rajon Rondo

Rondo teria deixado a casa momentaneamente e retornou 15 minutos depois, de acordo com a mulher. Então, ele teria se aproximado de uma porta dos fundos e começou a bater na janela com a sua arma.

Ela afirma que não sabia o que estava acontecendo, então ela chegou perto da porta para dar uma olhada. Ashley alega que viu o jogador com a arma e pediu para ele parar, pois estava a deixando assustada. Ela conta que Rondo não a ouviu e ele disse “Vá pegar o meu filho”.

Ashley contou que temia não cumprir a ordem de Rondo poderia trazer consequências graves para ela, então levou o filho, Pierre, para baixo, no entanto deixou a porta fechada.

Posteriormente, ela conta que Pierre abriu a porta e o jogador “puxou” ele para fora.

Ela prosseguiu relatando que Rondo, que continuaria segurando a sua arma, estava gritando com o garoto, questionando o motivo de ele estar com medo do pai.

A mulher disse que o filho estava “visivelmente assustado” e afirmou não ter intervindo na cena por temer que Rondo poderia atirar nela.

O jogador então teria falado para que a filha também viesse para fora. Além disso, Ashley conta que Rondo gritou com as crianças porque elas estavam com medo dele.

Por fim, ela declarou que a mãe e o pai de Rajon Rondo teriam chegado na casa dela. Embora eles não tenham conseguido acalmá-lo, ela conta que ele saiu de lá posteriormente.

Pedido de proteção emergencial

Temendo pela proteção dela e dos dois filhos, Ashley teria escrito no pedido de proteção do dia 13 de maio, segundo o TMZ Sports.

“Estou extremamente temerosa pela minha segurança e pela segurança dos meus filhos. Rajon tem o histórico de ter uma conduta volátil, errática e uma conduta explosiva. Ele é verbalmente, emocionalmente e financeiramente abusivo. Ele bate fisicamente o nosso filho, o chama de nomes como “v***do”.

Segundo ela, Rajon também agride verbalmente a própria filha. Ashley disse ainda que Rajon já fez diversas ameaças à vida da ex-parceira. De acordo com a ela, o jogador teria dito várias vezes que “atiraria” nela ou no carro dela.

Um juiz local concedeu proteção para Ashley Bachelor e para os seus dois filhos.

Segundo o portal, os representantes de Rondo foram contatados, mas não deram retorno.

Além disso, de acordo com as investigações do site, Rondo não foi considerado suspeito por nenhum crime na polícia e não foi preso.