Torcedores – Notícias Esportivas

Saiba quanto o Ajax precisa oferecer para conseguir tirar Giovani do Palmeiras

Giovani ainda não teve muitas oportunidades no time profissional, somando apenas 155 minutos em campo

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Cesar Greco/Ag.Palmeiras

O Ajax, da Holanda, segue de olho na possível contratação do garoto Giovani, joia de 18 anos revelada na base do Palmeiras. A expectativa é que o clube holandês faça uma nova oferta pelo atacante na janela de transferências do meio do ano depois de sinalizar a possibilidade de realizar uma proposta que poderia atingir R$ 100 milhões em janeiro. 

Segundo o ‘ge’, Ajax ainda não enviou ao Palmeiras nenhuma nova proposta por Giovani, mas já avisou que deve fazer isto em breve. O clube holandês está ciente que precisa oferecer algo próximo de 20 milhões de euros (cerca de R$ 103 milhões, pela cotação atual) de imediato e bônus que podem chegar até a 10 milhões de euros (R$ 51,6 milhões), além de deixar um percentual de venda futura com o clube Alviverde, que detém 90% dos direitos econômicos do jogador.

Campeão da Copa São Paulo em janeiro como um dos destaques do time ao lado de Endrick, Giovani teve seu contrato estendido com o Palmeiras até 2026, e o vínculo possui multa rescisória de 60 milhões de euros (aproximadamente R$ 309 milhões, pela cotação atual).

Na atual temporada pelo time profissional, Giovani soma apenas cinco jogos disputados, com 155 minutos em campo, ainda sem gols ou assistências. Na Copinha, o garoto disputou oito jogos, com quatro gols e três assistências.

O técnico Abel Ferreira já falou sobre Giovani no início da temporada, após a conquista da Copinha, e pediu calma com o garoto. “Tudo no tempo de Deus. É um jogador que acreditamos, tem muito potencial. Agora, conforme as oportunidades forem aparecendo e ele aproveitar, estará preparado para jogar na nossa equipe. Quando tiver que jogar no sub-20, vai jogar. E é um jogador que faz parte do nosso elenco não de agora, já foi campeão da Libertadores”, disse o comandante.

Palmeiras não quer vender:

Em abril, a presidente do Palmeiras, Leila Pereira, deixou claro que não pretende vender atletas importantes do elenco comandado pelo técnico Abel Ferreira, reforçando que o foco do clube é a busca por mais títulos.

— “[…] Eu não vendo atleta que está jogando bem. As pessoas perguntam como vou fazer para segurar tal jogador. Simples, ele tem contrato e é para ser cumprido. Se pagar a multa, tudo bem. Caso contrário, não vendo. O Palmeiras não é para estar com o caixa abarrotado de dinheiro. Os recursos têm de existir para investir no futebol. O Palmeiras precisa conquistar títulos e só se conquista títulos com os melhores – disse em entrevista ao jornal ‘Folha de S.Paulo’.

A mandatária informou recentemente, inclusive, que o volante Danilo não será negociado na janela de transferência do meio do ano, mesmo em caso de investida de gigantes da Europa.

— O Palmeiras está trabalhando. Nosso elenco é muito curto, precisamos de reforços. Nós precisamos comprar jogadores, e não vender jogadores. O Palmeiras precisa comprar jogadores como o Merentiel. E, na janela do meio do ano, o Danilo fica. Pode cravar”, disse Leila em entrevista à ESPN.