Será que você acerta o placar Apostar na Betano PUBLICIDADE

Home Futebol Em amistoso emocionante, Brasil busca empate contra a Espanha

Em amistoso emocionante, Brasil busca empate contra a Espanha

Fúria esteve na frente até os acréscimos da etapa final, mas a seleção brasileira arrancou a igualdade com Lucas Paquetá

Por Rafael Alaby em 26/03/2024 19:30 - Atualizado há 2 meses

Lucas Paquetá Espanha x Brasil
Endrick comemora gol com Lucas Paquetá em Espanha x Brasil. (Rafael Ribeiro/CBF)

Em amistoso com seis gols, Espanha e Brasil ficaram no empate por 3 a 3 na noite desta terça-feira (26), no Santiago Bernabéu. Rodri (duas vezes) e Dani Olmo fizeram os gols espanhóis. Rodrygo, Endrick e Lucas Paquetá anotaram para a seleção brasileira. O atacante do Palmeiras havia marcado na vitória sobre a Inglaterra no último sábado, em Wembley.

Primeiro tempo

A Espanha iniciou o amistoso com marcação muito alta, dificultando a saída de bola brasileira. Lamine Yamal dava muito trabalho ao lado esquerdo. Aos 10, o atacante do Barcelona dividiu com João Gomes dentro da área e o árbitro assinalou o pênalti duvidoso. Rodri converteu a cobrança e fez 1 a 0 para os donos da casa.

A Fúria não abdicou do seu estilo de jogo de posse de bola e rápidas movimentações ofensivas. Aos 20, após ótima jogada de Lamine Yamal, Nico Williams ajeitou e Fabián Ruiz disparou chute para fora.

O Brasil pecava nos passes e não conseguia chegar ao ataque com perigo. Para piorar, aos 36, a Espanha ampliou o placar. Dani Olmo fez linda jogada individual, deu lindo dribles em Beraldo e Bruno Guimarães e mandou chute no ângulo de Bento. Golaço!

A seleção brasileira conseguiu diminuir o prejuízo após lambança do goleiro Unai Simón, que entregou a bola nos pés de Rodrygo. O atacante finalizou por cobertura.

A Espanha não se abateu e só não fez o terceiro gol no minuto seguinte porque Bento fez grande defesa em chute forte de Rodri.

Segundo tempo

Dorival Júnior voltou do intervalo com quatro mudanças. Entraram Endrick, Andreas Pereira, André e Yan Couto, respectivamente, nas vagas de Raphinha, João Gomes, Bruno Guimarães e Danilo. Com dois minutos, o Brasil desperdiçou chance clara para empatar. Em contra-ataque, Vinícius Júnior recebeu de Endrick e chutou na marcação. Lucas Paquetá pegou sobra, mas chutou para fora.

A Espanha respondeu aos três com chute de Rodri para fora.

O Brasil conseguiu o empate aos quatro. Andreas Pereira cobrou escanteio, Paquetá desviou de cabeça, a zaga espanhola afastou parcialmente e a bola sobrou limpa para Endrick chutar para o gol. Foi o primeiro gol dele no Santiago Bernabéu, que a partir de julho será a sua nova casa.

A virada quase veio aos seis. Rodrygo deu linda caneta no adversário, invadiu a área e chutou para defesa de Unai Simón.

A Espanha voltou a pressionar a saída de bola brasileira e só não retomou a vantagem no placar aos 28 porque Bento fez defesa em dois tempos em chute da Dani Olmo.

A seleção brasileira apostava em contragolpes. Dorival Júnior sacou Vinícius Júnior e Rodrygo e promoveu as entradas de Douglas Luiz e do estreante Galeno.

Os espanhóis seguiram com domínio da posse de bola e maior presença ofensiva. Aos 39, Beraldo dividiu com Carvajal dentro da área e o árbitro interpretou como penalidade máxima para revolta dos brasileiros. Rodri converteu a cobrança e fez 3 a 2.

Nos acréscimos, o Brasil teve pênalti a seu favor. Carvajal puxou a perna de Galeno dentro da área e o árbitro assinalou a infração. Lucas Paquetá converteu a cobrança e deixou tudo igual (3 a 3).

Próximos jogos do Brasil

A seleção brasileira voltará a atuar em junho, em amistosos contra México, no dia 8, no Kyle Field, no Texas-EUA, e Estados Unidos, no dia 12, no Camping World Stadium, em Orlando, na Flórida-EUA. Serão os últimos testes antes do início da Copa América Centenário.

Exit mobile version