Home Futebol Gerson Canhotinha surpreende ao indicar atacante para a seleção brasileira: “Jogando bem” 

Gerson Canhotinha surpreende ao indicar atacante para a seleção brasileira: “Jogando bem” 

Tricampeão do mundo com o Brasil acredita que jogador em alta no futebol nacional pode receber uma chance de Dorival Júnior

Bruno Romão
26 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: [email protected]
Dorival Júnior

Dorival Júnior, em treino da seleção brasileira (Rafael Ribeiro / CBF)

Somando oito gols até o momento, Júnior Santos se encontra em vantagem na briga pela artilharia da Libertadores. Mesmo com as chegadas de Jeffinho, Savarino e Luiz Henrique, o camisa 11 pode seguir entre os titulares e se transformar em uma peça importante na fase de grupos do torneio.

PUBLICIDADE

Neste contexto, Gerson Canhotinha não vê como absurdo o cenário de pensar em Júnior Santos na seleção. Destacando que o rendimento atual deve ser levado em conta nas convocações, a presença do atacante do Botafogo no grupo de Dorival Júnior foi sugerida pelo ex-jogador.

“Do jeito que ele está jogando bem, corre, luta, mete gol… de repente, põe ele na seleção brasileira. Não são os melhores? Não é o momento? Então…”, disse Gerson Canhotinha, em live no YouTube.

PUBLICIDADE

Em relação ao futuro do Botafogo na Libertadores, Gerson Canhotinha vê potencial do Glorioso liderar o Grupo D. Para o objetivo ser alcançado diante de LDU, Universitario e Junior Barranquilla, o tricampeão mundial pelo Brasil sinalizou que Júnior Santos, em alguns jogos, pode atuar na posição de centroavante.

“O Botafogo precisa jogar. O Botafogo tem um bom time. É um time que entra de uma maneira e na metade do jogo tá de outro, e pro final cai. Tem certos jogadores que precisam jogar mais porque sabem jogar mais.”

“De repente até uma modificação tática, principalmente com Júnior Santos pela direita, mas de repente ele vira o centroavante… em uma mexida, você altera o esquema tático. O Júnior Santos sabe fazer isso. Ele está muito bem, é veloz… mas tem que ter cuidado com a altitude. Se ele der dois piques, ele vai embora. A não ser que esteja com bujão de oxigênio grudado no corpo.”, indicou.

Disputa pela liderança na Libertadores

Após vencer a Copa Sul-Americana, a LDU promete vir forte na Libertadores. Diante disso, Gerson Canhotinha considera que os equatorianos vão disputar a liderança do grupo com o Botafogo.

PUBLICIDADE

“Eu acho que (o Botafogo) briga com a LDU. Tá cansado de vir aqui no Brasil e endurecer jogos. É um bom time.”, afirmou.