Home Futebol Massini cobra Muricy sobre relação entre Carpini e James Rodríguez no SPFC

Massini cobra Muricy sobre relação entre Carpini e James Rodríguez no SPFC

Comentarista esportivo analisou tensão nos bastidores entre o treinador, elenco e meia-atacante colombiano

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
James Rodríguez

James Rodríguez em partida pelo SPFC (Crédito: IMAGO / Fotoarena)

No domingo (17), o São Paulo foi eliminado pelo Novorizontino nas quartas de final do Campeonato Paulista. A derrota fez com com que os torcedores presentes no MorumBIS chamassem Carpini de “burro” e criticassem James Rodríguez por não ser um dos batedores de penalidades máximas. Na opinião de Paulo Massini, Muricy precisa agir nos bastidores para resolver situação.

PUBLICIDADE

Massini analisa situação tensa após eliminação do SPFC

Durante o programa G4 da BandSports, os comentaristas comentaram o fato de James Rodríguez se posicionar contra a realizar uma das cobranças de pênalti no Campeonato Paulista. Para Massini, a situação é mais tensa do que parece e explica como deveria ter sido a postura de Carpini: “Está aí na hora da cobrança de pênaltis: “E aí, James? Como que você está?”. Está esquisito, pega uma bola e fala: “Vem cá, você tem 55 milhões de seguidores. Você jogou no Real Madrid. Você jogou no Bayern de Munique. Você bate pênalti na seleção da Colômbia. Você vai bater porque estou mandando”.

Massini aponta que o treinador precisa bater e cobrar de jogadores algumas questões dos atletas. O comentarista relembrou que James Rodríguez é o batedor de bolas paradas quando está no elenco do Tricolor e completou: “Não tem justificativa para isso. Aí é o treinador que é menor do que o jogador, se sente melhor ou não tem coragem de falar”.

PUBLICIDADE

O comentarista esportivo acredita que existe uma solução para este tipo de questão. Massini acredita que, Muricy Ramalho precisa intervir para que a situação com os nomes de peso do SPFC e Thiago Carpini seja mais saudável. Essa função já estava prevista pelo clube desde o momento da contratação do treinador e, segundo o jornalista, não estaria sendo eficiente.

Por outro lado, o especialista acredita que o peso das decisões dos atletas no clube “é um peso que atormenta o São Paulo há muito tempo” e destacou que a torcida nem sempre sabe o que é melhor para a equipe. Reclamando assim da vontade de encaixar: Calleri, Lucas, Luciano, James, entre outros, sendo que quem “encaixou” o time foi Wellington Rato. Massini destaca que foi o meia a figura principal para a conquista da Copa do Brasil.