Home Futebol Nilson Cesar crava campeão na final Palmeiras x Santos: “Tenho a impressão”

Nilson Cesar crava campeão na final Palmeiras x Santos: “Tenho a impressão”

Narrador vê cenário do primeiro duelo entre Verdão e Peixe sendo distinto e também projetou a decisão como um todo

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
Nilson Cesar, narrador e jornalista

Nilson Cesar antes de jogo no estádio do Palmeiras (Reprodução - Instagram)

Valendo o título do Paulistão 2024, Palmeiras e Santos iniciam neste domingo (31), às 16h (de Brasília), a batalha de 180 minutos, a começar na Vila Belmiro. Habituado a dar palpites sobre os confrontos decisivos, o jornalista Nilson Cesar palpitou que o troféu na soma dos dois jogos, ficará com o time de Abel Ferreira, mas foi enfático ao opinar que o Peixe não perderá o duelo sob seus domínios.

PUBLICIDADE

Na avaliação de Nilson Cesar, o Palmeiras tem um time superior ao rival, e geralmente em jogos de ida e volta, a superioridade técnica costuma fazer a diferença. O narrador, no entanto, disse que o time de Abel Ferreira não vai conseguir superar o Peixe no alçapão, que estará com a carga máxima de torcedores logo mais.

“Eu tenho a sensação de que nos dois jogos o Palmeiras será campeão paulista de 2024, mas tenho a impressão de que o Santos não perde o jogo hoje. Nos dois jogos, o Palmeiras vai passar e será campeão, mas hoje na Vila, eu acho que o Santos não perde. O time de Abel decidindo em casa é o grande favorito”, disse o narrador.

PUBLICIDADE

Nas movimentações de bastidores, o Santos tentou transferir o jogo da Vila Belmiro para a capital paulista, repetindo a dose que aconteceu no embate contra o Red Bull Bragantino, onde teve quase 45 mil torcedores na Neo Química Arena. Para a final, no entanto, o Timão optou por não alugar o palco ao rival, e sem opções, o Peixe fixou o “Clássico da Saudade” decisivo para a Baixada.

Palmeiras busca marcas históricas

Enquanto o Santos tenta findar um jejum de sete anos sem ser campeão do certame, o Verdão visa o tricampeonato consecutivo, algo que só aconteceu com o clube na década de 1930, e ainda vislumbra com a possibilidade de faturar o caneco de forma invicta, fato que não ocorre desde 1972.