Home Futebol Renata Fan rebate “perseguição” e alerta três torcidas do Brasil: “Se preocupem”

Renata Fan rebate “perseguição” e alerta três torcidas do Brasil: “Se preocupem”

Apresentadora da Band deixou forte aviso após palpites de provocação atrelados o Internacional

Bruno Romão
26 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: [email protected]
Renata Fan, da Band.

Renata Fan, apresentadora do Jogo Aberto (Reprodução)

Torcedora fanática do Internacional, Renata Fan saiu em defesa do Colorado durante o Jogo Aberto. Após Chico Garcia alfinetar Eduardo Coudet, que segue em busca de títulos de expressão no futebol brasileiro, a comandante do programa fez questão de lembrar o resultado do último GreNal, pelo Campeonato Gaúcho.

PUBLICIDADE

“O Coudet não ganhou nada ainda, mas tem perspectiva.”, disse Chico Garcia.

“Ele ganhou algumas coisas, tipo um GreNal que massacrou seu time. E vocês ficam chorando.”, retrucou Renata Fan.

PUBLICIDADE

“E cadê o título?”, questionou o comentarista.

Logo depois, Renata Fan cobrou que o Internacional seja esquecido pelos demais clubes do Brasil. Para embasar o pedido, a apresentadora fez questão de reforçar a sequência vitoriosa de Abel Ferreira no Palmeiras, algo que, de fato, deveria preocupar os torcedores de São Paulo, Corinthians e Santos.

“Vocês não tiram o Inter da cabeça! Isso aí é perseguição, parecem aqueles malucos que ficam perseguindo. Antes de cuidar do Inter, vocês, torcedores do São Paulo, Corinthians e do Santos, se preocupem com o Abel Ferreira. Enquanto vocês estão olhando pro Inter, esse cara vai papando títulos, vitórias, jogadores… tudo. Olhem pra cá, esse é o alvo.”, afirmou.

Renata Fan não tem preocupação com o técnico do Internacional

Reagindo ao discurso de Ronaldo Giovaneli, Renata Fan sinalizou que está totalmente satisfeita em relação ao trabalho de Eduardo Coudet. Diferentemente de outras ocasiões, a comunicadora da Band está confiante de que o atual projeto vai render frutos para o Internacional.

PUBLICIDADE

“Eu não sou torcedor de técnico e nem de jogador. Se o Tonhão da Fiel for mais ou menos, é pau no gato.”, bancou Ronaldo.

“Você não tem que amar o técnico, tem que esperar competência, bons resultados e trabalho sério. Hoje, técnico não é algo que fique pairando como problema na minha cabeça, pelo contrário. Às vezes, o treinador não ganha um título, mas tem perspectivas.”, avisou Renata Fan.