Home Futebol Juca Kfouri comemora fim da rodada do Brasileirão por motivo inusitado: “Louvável”

Juca Kfouri comemora fim da rodada do Brasileirão por motivo inusitado: “Louvável”

Comentarista lembrou as polêmicas de arbitragem na estreia do Campeonato Brasileiro e celebrou os poucos erros na segunda rodada

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Arbitragem, Brasileirão

Árbitro auxiliar durante partida no Castelão (Divulgação/cearasc.com)

Juca Kfouri fez questão, em sua coluna do UOL Esporte, de destacar que a segunda rodada do Brasileirão Série A não contou com grandes polêmicas. Falando sobre a arbitragem, ele lembrou o que foi feito pelos responsáveis pelas partidas na rodada inicial da competição e não deixou de comemorar o fato de que 2ª rodada ter passado “ilesa” neste quesito.

PUBLICIDADE

“Aleluia! A 2ª rodada acabou sem vexames de arbitragem”, escreveu Juca Kfouri.

“Depois da 1ª rodada caótica do Brasileirão, eis que a segunda transcorreu sem nenhum escândalo. É pouco, mas é muito. É obrigatório, mas é louvável.”

PUBLICIDADE

Juca Kfouri deixou claro que comemorar isso é “preocupante”

Mesmo com a comemoração e a celebração pela falta de polêmicas com a arbitragem na 2ª rodada do Brasileirão Série A, Juca Kfouri deixou claro que mesmo que seja positivo, é uma preocupação o fato de isso ser digno de elogios.

Ele repetiu que não passa de obrigação dos árbitros brasileiros realizar um bom trabalho dentro de campo.

“É auspicioso, mas é preocupante. Porque é insuficiente para tranquilizar o torcedor sobre, por exemplo, a 3ª rodada”, destacou Juca Kfouri.

Vale lembrar que a 1ª rodada do Brasileirão Série A foi recheada de polêmicas de arbitragem, o que levou a CBF a se reunir com a comissão especializada, presidida pelo ex-árbitro Wilson Luis Seneme. O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, chegou a pedir explicações pelos erros cometidos e sugeriu novos nomes para a arbitragem.

PUBLICIDADE

Foram afastado após a rodada de estreia da competição os árbitros Flávio Rodrigues de Souza, que esteve em Vasco x Grêmio, Yuri Ferreira da Cruz, que comandou Corinthians x Atlético-MG, além de André Skettino, responsável por apitar a partida entre Atlético-GO x Flamengo.