Home Futebol Persistente, Cruzeiro busca a virada contra o Botafogo na estreia do Brasileirão

Persistente, Cruzeiro busca a virada contra o Botafogo na estreia do Brasileirão

Raposa não se abateu após o primeiro tento alvinegro; Glorioso encontrou dificuldades para neutralizar o ataque Celeste

Bruno Bravo Duarte
Bruno Bravo Duarte é um jornalista que atua como editor, redator e repórter há mais de dez anos. Formado em Comunicação Social com habilitação em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá em 2004, teve passagens por EQI Investimentos, Naspistas.com, Jornal Povo, Jornal do Rock e Niterói TV. Atualmente no Torcedores.com
Botafogo x Cruzeiro

Cruzeiro buscou a vitória contra o Botafogo (Reprodução - Flickr Botafogo - Vítor Silva)

O Cruzeiro venceu o Botafogo por 3 a 2, de virada, neste domingo (14), em partida que foi válida pela primeira rodada do Brasileirão Série A, no Mineirão.

PUBLICIDADE

Em campo, a Raposa marcou com Lucas Silva, Rafa Silva e Rafael Elias. Do outro lado, o Glorioso buscou o caminho do gol com Tiquinho Soares e Danilo Barbosa.

Cruzeiro x Botafogo

As duas equipes apresentaram grande movimentação durante o primeiro tempo. Logo aos três minutos, Neris superou a marcação, tendo o seu tiro defendido pelo goleiro Gatito Fernandez. A resposta do Botafogo saiu dos pés de Tiquinho Soares, que marcou após uma assistência de Júnior Santos.

PUBLICIDADE

A vantagem dos cariocas não foi um obstáculo para o time Celeste. O Cruzeiro buscou o empate aos 19 minutos, com Lucas Silva. O jogador finalizou da entrada a área, surpreendendo a defesa alvinegra.

O resultado trouxe um novo ânimo para o Cruzeiro em seu campo de ataque. Arthur Gomes chegou a balançar a rede, mas teve o seu tento anulado pelo VAR devido ao uso do cotovelo em um desvio da bola.

A virada do Cruzeiro foi registrada aos 19 minutos do segundo tempo com Rafa Silva. O tento trouxe um clima de tensão para a partida, o que resultou na expulsão de Alexander Barboza. O jogador do Botafogo cometeu uma falta dura em Matheus Pereira.

O Glorioso buscou o ataque para conquistar o empate, conseguindo o feito aos 37 minutos com Danilo Barbosa de cabeça. A comemoração do Glorioso foi interrompida por Rafael Elias, que lacrou o marcador com mais um gol do Cruzeiro. Placar final, 3 a 2.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial