Home Futebol RMP vê ‘displicência’ de Arrascaeta no Flamengo e questiona jogador: “Pra quê?”

RMP vê ‘displicência’ de Arrascaeta no Flamengo e questiona jogador: “Pra quê?”

Jornalista alegou que o uruguaio não estava em seu melhor dia no Rubro-Negro pela Libertadores, mas foi outra situação que o irritou

Luciano Ferreira
Jornalista formado pelo Instituto de Ciências Sociais e Comunicação (ICSC) da Universidade Paulista e com especialização em Jornalismo Esportivo em curso pela Faculdade Cásper Líbero. Sou apaixonado por futebol e amo escrever. Desde 2018 escrevo para blogs e sites, além de produzir conteúdo sobre esportes em geral para o Torcedores.com, onde ingressei em 2020 e passei a ter uma maior regularidade nas publicações em 2022. Experiência com cobertura de futebol e basquete para a Wecel Mídia.
Arrascaeta, jogador do Flamengo

Arrascaeta, do Flamengo, durante o jogo contra o Fluminense pela Copa do Brasil (A.PAES / Alamy Stock Photo)

Renato Maurício Prado, o RMP, analisou alguns pontos negativos da partida entre Flamengo X Palestino pela Libertadores, como as inúmeras chances de gols perdidas e a atuação apagada de Nicolás De La Cruz.

PUBLICIDADE

Mas não foi só isso. O comentarista criticou algumas jogadas de efeitos de Arrascaeta, que julgou ter certa displicência em momentos importantes do jogo.

RMP não alivia para Arrascaeta

“Eu até acho que o Arrasca também não estava no seu melhor nível. Mas não acho que ele tenha jogado mal não”, iniciou o jornalista em seu canal do YouTube, no pós-jogo Flamengo x Palestino, comparando o desempenho do atleta com a “partida apagada” de De La Cruz.

PUBLICIDADE

“Agora o Arrasca tem umas coisas que são complicadas. Ele recebeu uma bola que depois foi marcado impedimento, mas se tivesse que chamar o VAR, acho que não daria. Aquela bola que passa para ele e ele tenta meter de letra”, prosseguiu, criticando a opção do meia por uma jogada mais de efeito”.

A crítica de Renato Maurício Prado ao baixo desempenho de Arrascaeta pode ter relação com as especulações sobre a ida do uruguaio para o Cruz Azul, do México.

“Gente, sempre uma necessidade de enfeitar mais. Pra que de letra, Arrasca? Você está na cara do goleiro, dá uma bomba pelo amor de Deus”, enfatizou o colunista.

“O Arrascaeta hoje usou e abusou de letra, de calcanhar, quase fez um gol lindo de bicicleta, não foi de bicicleta, um voleio. Deu uns chutes também bonitos de fora da área, não acho que está jogando mal, mas está enfeitando demais para o meu gosto”, concluiu o jornalista sobre o craque da Gávea.

PUBLICIDADE

Flamengo supera Palestino na Libertadores

Com desempenho abaixo do esperado, na opinião de Renato Maurício Prado, o Flamengo venceu sua primeira partida na Libertadores pela segunda rodada da fase de grupos do torneio.

Os Rubro-Negros receberam o Palestino na noite de ontem, quarta-feira (10), no Maracanã, e bateram o time de Santiago por 2 a 0, com gols de Pedro e Léo Ortiz. Porém, para RMP, o resultado foi muito magro e os cariocas desperdiçaram a chance de fazer saldo.

No centro da análise do comentarista esportivo, o triunfo do Mengão veio após os flamenguistas empatarem na rodada de abertura da primeira fase do certame continental, diante do Millonarios, por 1 a 1, na Colômbia.

Com o resultado, o Fla lidera provisoriamente o Grupo E da Libertadores, com 4 pontos conquistados. Vale lembrar que o Bolívar, segundo colocado da chave, com 3, joga na noite de hoje, quinta-feira (11), e pode retomar a ponta do grupo em caso de empate ou de vitória diante do Millonarios, em casa.

PUBLICIDADE