Home Futebol Pascoal aponta “injustiça” de Dorival Júnior com jogador na seleção: “Não entendo”

Pascoal aponta “injustiça” de Dorival Júnior com jogador na seleção: “Não entendo”

Comentarista vê equívoco do comando técnico do escrete canarinho por conta da boa fase do camisa 9 e alfinetou convocação

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
Pascoal, comentarista dos canais Disney

Osvaldo Pascoal durante programa da ESPN (Reprodução - YouTube)

O técnico Dorival Júnior anunciou nesta sexta-feira (10) a convocação da seleção brasileira para os dois próximos amistosos e disputa da Copa América. Apesar de ser destaque em solo nacional, o atacante Pedro, do Flamengo, não foi listado entre os 23. Ao analisar a vitória do rubro-negro sobre o Corinthians, ontem (11), pelo Brasileirão, o jornalista Osvaldo Pascoal, classificou como “injusto” o fato do jogador ter ficado fora.

PUBLICIDADE

Durante participação no Sportscenter, Pascoal subiu o tom contra a convocação de Dorival Júnior, classificando que o treinador chamou nomes seguindo a “linha política” da CBF, e não quem ele realmente queria.

“O Pedro tem o perfume que a bola gosta, não tem jeito. A bola bate lá e cá, e vai parar no pé do Pedro, e ele guarda. Não entendo como não foi convocado para a seleção brasileira. A convocação foi política e não o que verdadeiramente o treinador queria”, pontuou Pascoal.

PUBLICIDADE

Exaltado pelo jornalista, Pedro anotou um dos tentos na vitória do Fla sobre o Corinthians e chegou à marca de 16 tentos convertidos em 22 jogos realizados nesta temporada. Nos jogos amistosos contra Inglaterra e Espanha, o camisa 9 já havia sido preterido por Dorival Júnior, que deixou o ex-comandado fora da lista de 23 nomes.

Na convocação visando os amistosos contra México e Estados Unidos, bem como a disputa da Copa América, Dorival Júnior listou as seguintes opções para o ataque: Endrick , Evanilson, Gabriel Martinelli, Raphinha, Rodrygo, Savinho e Vini Jr.

Pascoal exalta “meia diferenciado” do futebol brasileiro

Em comentário feito durante o “ESPN FC” da última semana, Pascoal havia tecido elogios ao meio-campista Renato Augusto, após vitória contundente do Fluminense sobre o Sampaio Corrêa, pela Copa do Brasil.

“Ele se atirava como último homem e levava o cara para lado da área e vinha alguém batendo de fora. Falar isso do Renato Augusto é chover no molhado, além de ser um ótimo jogador é um personagem distinto do futebol”, avaliou o comentarista.

PUBLICIDADE