Home Futebol PVC revela ex-Palmeiras que “motivou” Alexandre Mattos a tentar tirar Dudu do clube

PVC revela ex-Palmeiras que “motivou” Alexandre Mattos a tentar tirar Dudu do clube

Segundo o jornalista, Dudu estava incomodado desde a final do Paulistão, quando foi impedido de comemorar o título em campo

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.
PVC detalha negociação de Dudu com o Cruzeiro.

Reprodução/PodPorco

Paulo Vinícius Coelho, o PVC, revelou um detalhe importante sobre o motivo que fez Dudu ficar no Palmeiras após flertar com uma transferência para o Cruzeiro. Entre o anúncio do time mineiro na tarde de sábado (15) e o comunicado do atacante na noite de segunda-feira (17), surgiram muitas informações desencontradas.

PUBLICIDADE

Do lado do Cruzeiro e do Palmeiras, a informação era de que o próprio Dudu havia procurado Alexandre Mattos para forçar sua saída. O atacante, por sua vez, diz que nunca quis sair do Verdão. 

Ao falar sobre a negociação, o jornalista PVC falou sobre a negociação e contou que Cuca, hoje técnico do Athletico Paranaense, foi quem “começou” toda a história. A partir de uma conversa do ex-treinador do Palmeiras com Alexandre Mattos, o dirigente cruzeirense buscou informações sobre o atacante. Vale lembrar que o trio foi campeão do Brasileirão Série A pelo Verdão em 2016 – Dudu, inclusive, era o capitão do time.

PUBLICIDADE

“A história que eu conheço é a seguinte: no Campeonato Paulista, após a final, o Dudu tentou subir para o campo e foi barrado (na comemoração do título). Os funcionários ofereceram pra ele a credencial, mas ele se irritou e foi embora”, começou PVC durante participação no podcast PodPorco.

“O Cuca conversou com o Alexandre Mattos dias depois. ‘O Dudu não está legal, ele não está feliz. Você viu o episódio do campo que ele não subiu? Ele está incomodado, está acontecendo alguma coisa’. O Alexandre Mattos ligou para o André Cury (empresário do Dudu) para perguntar sobre a situação. Não é que o Dudu ligou para o Alexandre e pediu para ir.

O Alexandre é um dirigente a serviço do Cruzeiro, ele fez a parte dele. A partir disso, o Andre Cury foi assuntar o Dudu e daí veio a proposta. O Dudu entrou na sala do Anderson Barros e falou ‘eu tenho uma proposta e quero ir embora’”, acrescentou o jornalista.

PVC ainda opinou sobre a relação de Dudu com a torcida palmeirense após toda a polêmica envolvendo a possível saída para o Cruzeiro. “O Dudu vai ser sempre um ídolo do Palmeiras. (…) Ele é um ídolo do Palmeiras, ele é o ponto da virada do período péssimo até 2015. Ele vai ser sempre um ídolo do Palmeiras”, completou.

PUBLICIDADE

Dudu volta e recebe apoio:

Após a polêmica, Dudu ficou fora da lista de relacionados para o jogo contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte. O atacante voltou a marcar presença no banco de reservas contra o Red Bull Bragantino, no Allianz Parque, mas não entrou em campo.

Abel Ferreira explicou o motivo de não ter colocado Dudu em campo. “Entendi que não seria o contexto ideal, porque foi um jogo dividido, intenso e pegado. Ele está aí para nos ajudar e está próximo. Só isso que tenho para vos dizer”, disse o português.

O meia Raphael Veiga também falou sobre a situação do camisa 7. “Cada um tem uma forma de pensar, cada um tem um lado. O Dudu, ali no post dele, falou sobre a proposta, sobre a decisão dele. E a Leila também falou o que aconteceu. É difícil falar. Eles que estavam ali dentro da situação mesmo, a gente estava meio do lado de fora, por trás”, disse.

“A gente tem que fazer de tudo para ele ficar bem, voltar a jogar, voltar a estar feliz. Daqui a alguns dias o Dudu vai voltar, vai fazer gol, vai jogar, vai ganhar. E tudo isso vai se esquecer”, completou o camisa 23.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial