Home Futebol Renato Maurício Prado dispara contra atitude de diretoria do Flamengo: “Ideia de asno”

Renato Maurício Prado dispara contra atitude de diretoria do Flamengo: “Ideia de asno”

Comentarista detonou possível decisão de dirigentes rubro-negros e lembrou até mesmo a construção do novo estádio

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Rodolfo Landim, Flamengo

Rodolfo Landim em evento do Museu Flamengo (Gilvan de Souza / Flamengo)

Renato Maurício Prado, o RMP, não concordou com a ideia do Flamengo em voltar a buscar um clube em Portugal para ser uma espécie de “filial” do Rubro-Negro carioca na Europa.

PUBLICIDADE

O comentarista compartilhou a publicação do perfil ‘Planeta do Flamengo’, que repostou a revelação de Gilmar Ferreira, no jornal Extra, sobre a volta do projeto do clube no Velho Continente.

Para Renato Maurício Prado, isso é uma “ideia de asno” do Flamengo, visto que o clube se prepara para a construção de seu novo estádio.

PUBLICIDADE
“Isso, ainda mais no momento em que vai se construir o estádio, é uma ideia de asno.”

Vale lembrar que no último domingo (23) o Flamengo e a Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio do prefeito Eduardo Paes (PSD), anunciaram a desapropriação do terreno da Caixa no Gasômetro, local onde será construído o estádio próprio da equipe, em projeto que tem sido encaminhado nos últimos anos.

Crítica de Renato Maurício Prado é retomada após Flamengo abandonar “Projeto Tondela”

Segundo a publicação do jornal Extra, a ideia do Rubro-Negro, criticada por RMP, é ter um clube em Portugal. O clube iniciou o planejamento nos últimos anos, mas em 2022 abandonou a ideia, que era concentrada no Tondela, então clube da elite de Portugal.

Porém, com o rebaixamento do time para a segundona local, o “Projeto Tondela” foi interrompiddo na ocasião.

PUBLICIDADE

O novo “parceiro” do Flamengo no projeto não foi revelado e é mantido sob sigilo. O responsável pelo andamento da ideia é Reinaldo Belotti, diretor geral do clube carioca e encarregado pelo presidente Rodolfo Landim.

O negócio é discutido há ao menos três anos no Conselho de Administração do Flamengo e está sendo, neste momento, “revisto e atualizado”. O clube rubro-negro busca “valorização da marca” com o projeto.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial