Home Futebol Gerson Canhotinha detona Endrick e mais dois jogadores do Brasil: “Não vai ser”

Gerson Canhotinha detona Endrick e mais dois jogadores do Brasil: “Não vai ser”

Tricampeão do mundo deu ênfase ao desempenho discreto do camisa 9 em eliminação na Copa América

Bruno Romão
Bruno Romão atua, como redator do Torcedores.com, na cobertura esportiva desde 2016. Com enfoque em futebol brasileiro, futebol internacional e mídia esportiva, acumula experiência em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. Possui diploma de bacharelado em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba.
Endrick.

Endrick, em jogo da seleção brasileira (Rafael Ribeiro/CBF)

Gerson demonstrou uma grande revolta após a eliminação do Brasil na Copa América. Lembrando que trouxe um alerta sobre João Gomes antes da partida contra o Uruguai, o Canhotinha de Ouro quis reforçar o ponto de vista atrelado ao volante. Isso porque houve uma sinalização de que o jogador do Wolverhampton não pode atuar pela seleção.

PUBLICIDADE

“Esse meio-campo não joga nada! O João Gomes não pode jogar! Não é o jogador de seleção brasileira, e ninguém presta atenção nisso. Para trás, para o lado… o Uruguai é um time renovado, com poucos veteranos, e em uma luta danada. E jogou com menos um (jogador) em um pedaço grande do segundo tempo.”, disse o Canhotinha de Ouro, em vídeo no YouTube.

Na sequência, o “sumiço” de Endrick em campo ganhou ênfase. Destacando uma grande oportunidade desperdiçada pelo atacante, Gerson considera que o camisa 9 esteve fora de sintonia em campo.

PUBLICIDADE

“E o Endrick? Sumiu do jogo. Teve uma grande oportunidade que um jogador do Uruguai botou ele na cara do gol. Em vez de cortar o goleiro e chutar, deu a bola pro Raphinha, que estava do outro lado. Totalmente fora de sintonia.”, prosseguiu.

Principal articulador de jogadas, Paquetá também foi incluído no discurso. Neste cenário, Gerson acredita que Rodrygo acabou sendo afetado, tendo em vista o número baixo de bolas para o camisa 10 criar situações de perigo.

“O único jogador que poderia ter salientado era o Paquetá, que não esteve bem no meio-campo. Sem o Paquetá bem e o João Gomes no meio-campo, a coisa complica. E o Rodrygo? Tá perdido nesse meio. Vai na frente e não recebe. Do meio-campo para dentro da área, ele sabe mais que todo mundo. Nós perdemos a referência da ponta com o Vinícius Júnior.”, afirmou.

Gerson rechaça status de Endrick

Voltando ao caso de Endrick, Gerson enxerga que houve um sentimento de empolgação exagerado. Como o jovem foi alvo de comparações envolvendo Pelé, patamar totalmente rechaçado pelo tricampeão do mundo. Mesmo assim, o Canhotinha de Ouro não culpa totalmente o atacante pelo desempenho.

PUBLICIDADE

“Cadê o Endrick? Não tocou na bola. Estão dando muito gás para quem tem pouco gás. ‘É o menino de ouro, o Pelé…’ Ele se sentiu isso, e não é isso. Não vai ser isso. Não vai ser o Pelé. Pode ser qualquer coisa, menos o Pelé. Para com esse negócio, cara! Muita responsabilidade em cima dele. Ele tá chegando agora. O que ele fez? Nem um chute no gol no segundo tempo. Totalmente perdido, e fizeram ele se perder.”

“Se jogar com um meio-campo que saiba jogar, ele vai funcionar porque é bom jogador. Vai receber as bolas limpas.”, opinou.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial