Home Futebol Tite, treinador do Flamengo, destaca dificuldade do Brasileirão

Tite, treinador do Flamengo, destaca dificuldade do Brasileirão

Técnico do Mengão falou sobre todos os aspectos que tornam o campeonato não o melhor, mas o mais difícil de ser jogado

William Nunes
William Nunes é um redator que atua há dois anos cobrindo futebol internaciol, com ênfase em clubes da Inglaterra, Espanha e Alemanha, sendo eles: Manchester United, City, Arsenal, Chelsea, Liverpool, Bayern de Munique, Barcelona e Real Madrid. Graduado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em 2019. Atualmente no Torcedores.com.
Tite em campo pelo Flamengo

Tite em campo pelo Flamengo (Sipa US/Alamy Live News)

O Flamengo conseguiu uma vitória importante contra o Atlético-MG pelo Brasileirão Série A, em jogo fora de casa que ajudou o time carioca a se isolar ainda mais na liderança na competição.

PUBLICIDADE

Após o confronto, falou durante a entrevista coletiva sobre vários aspectos do jogo. Entretanto, um dos que mais chamou a atenção foi sua análise sobre as dificuldades que o Brasileirão impõe. O ex-técnico da seleção brasileira afirmou que o campeonato é o “mais difícil do mundo”:

“O Campeonato Brasileiro é muito difícil, o mais difícil do mundo. Não estou dizendo que é o melhor, é o mais difícil. Futebol não é só parte técnica e tática. Tem uma série de outras relações, que são humanas, de sentimentos. Isso só quem vive o vestiário pode sentir”, começou falando ele.

PUBLICIDADE

“A gente procura trabalhar e valorizar os atletas que estão aqui. Muito fácil colocar o Pulgar, jogador de seleção. Uma equipe é formada por uma série de aspectos que não são só futebol”, acrescentou.

Mesmo com desfalques, Tite consegue mais uma vitória importante com o Flamengo

O treinador vem fazendo uma campanha muito boa com o Mengão no Brasileirão Série A. Mesmo tendo que lidar com muitos desfalques causados por lesões e convocações, ele consegue encontrar soluções dentro do elenco e vencer os jogos.

Diante disso, o Flamengo se isola na liderança e, aos poucos, vai se consolidando como o maior favorito para vencer o Brasileirão Série A em 2024.

Com a sequência de jogos sendo muito grande, o treinador falou sobre a importância do condicionamento físico para os atletas. No jogo, ele optou por poupar Pedro após sinais de desgaste no atacante: “Atleta não é máquina, e eu tenho que saber disso, eu estudei para isso, eu acompanho e não sou louco. Posso ter alguns repentes de maluquice, mas não sou na essência”, argumentou

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial