Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Apresentado, Erick comemora regresso ao Náutico e já mira clássico contra o Sport

Timbu terá agenda cheia neste início do primeiro semestre com Pernambucano, Copa do Nordeste e Copa do Brasil

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Léo Lemos - Divulgação - Náutico

Cria da base do Náutico, o atacante Erick foi apresentado oficialmente como novo reforço do alvirrubro na última segunda-feira (13). Uma das principais contratações do clube para a temporada 2020, o jogador de 22 anos está retornando a “sua casa” após três anos fora atuando no futebol português e também pelo Vitória, mas sem o protagonismo esperado.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

“Tive a minha venda para o Braga, onde eu não foram tantas oportunidades na equipe principal, acabei jogando na equipe B lá, depois vim para o Vitória, onde joguei a Série A, ganhei sequência e acho que fiz um bom campeonato, porém acabamos sendo rebaixados. Virou o ano, as coisas acabaram não correndo como eu planejei, voltei para Portugal e, no Gil Vicente, acabou acontecendo a mesma coisa. Não tinha sequência, entrava apenas no final do jogo e jogador quando não tem sequência acaba não rendendo aquilo que se espera dele. Eu tô muito feliz de estar de volta para minha casa. Lugar onde fui muito feliz”, contou.

Correndo em sigilo, as tratativas do Timbu para repatriar o atacante não foi tão simples, uma vez que o clube pernambucano teve que convencer o Gil Vicente – equipe que Erick estava atuando – a repassar o jogador por empréstimo, a vontade do atacante em voltar também foi determinante.. O vínculo inicial fechado entre Náutico e Erick é de seis meses, mas o clube alvirrubro está confiante em conseguir convencer o Braga, detentor dos direitos do atleta.

“Erick foi uma contratação muito festejada. Ele tinha uma vontade muito grande de voltar, aliás, tem sido uma característica dos jogadores que têm vindo, de retornar ao clube. Foi assim com o Kieza, Ronaldo (Alves) e o Erick não é diferente. O jogador queria voltar e houve a oportunidade, que, em muito se deve a vontade do atleta, uma negociação muito difícil, mas que em nenhum momento o atleta desistiu e nem o clube”, apontou Diógenes Braga.

“Estou muito feliz de ter voltado. A negociação foi muito difícil. O Náutico abriu mão de algumas coisas, eu precisei abrir mão de algumas situações para estar aqui”, completou Erick.

No último domingo (12), Erick acabou sendo acionado no amistoso contra o Treze e fez a sua reestreia com a camisa do Timbu. Agora, o jogador já foca o primeiro desafio oficial do clube na temporada, o clássico contra o arquirrival Sport.

“É o jogo que eu mais gosto de jogar, que me motiva ainda mais. Clássico para mim é um jogo diferente. Claro que temos o Campeonato Pernambucano, mas, para mim, é outro campeonato. Porém, vamos focar na semana, deixar o Sport de lado e fazer o nosso trabalho, que tenho certeza que faremos um bom jogo no domingo. Vamos procurar fazer uma boa semana, trabalhar muito, para sairmos com a vitória” – finalizou o jogador do Timbu.

LEIA MAIS: