Fotos de Schumacher são furtadas e oferecidas por um milhão de libras, diz jornal

Publicação inglesa informou que supostas fotos do ex-piloto de Fórmula 1 valem uma bolada

Severino José da Silva
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Twitter F1

Desde que foi vítima de acidente enquanto esquiava, Michael Schumacher não teve nenhuma foto divulgada para o público. Entretanto o Jornal Mirror, da Inglaterra, divulgou que fotos do hepta campeão de Formula 1 estão sendo oferecidas por valor superior a 1 milhão de libras (R$5,4 milhões).

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

As fotos teriam sido tiradas na casa de Genebra, local onde o piloto permanece desde o acidente em 2013. Segundo o periódico, as imagens foram furtadas. O autor do crime estaria tentando repassá-las, enquanto Corina, esposa do alemão, prestou queixa à polícia.

Estado de saúde de Schumacher é mistério

Pouco foi divulgado a respeito das reais condições de saúde de Schumacher desde o acidente, em 2013. O pouco que se sabe vem de informações de familiares e de amigos. Recentemente, o neurocirurgião Nicola Acciari, do hospital de Bologna, Itália, disse em entrevista à edição italiana da revista Motorsport que o corpo encontra-se em estado bem diferente daquele que o mundo conheceu.

“Devemos imaginar uma pessoa muito diferente daquela que lembramos nas pistas, com uma estrutura orgânica, muscular e esquelética muito alterada e deteriorada. Tudo como resultado do trauma cerebral que ele sofreu”, declarou o médico a respeito do piloto alemão.

Schumacher é considerado uma das lendas do automobilismo mundial. Sete vezes campeão da Formula 1. Voltas mais rápidas, maior número de campeonatos, vitórias, pontos marcados e mais corridas ganhas em uma única temporada. Tudo isso reflete a vitoriosa trajetória do ex-piloto alemão.

Leia Mais:
12 jovens pilotos que podem chegar à Fórmula 1 em breve (Parte 1)

12 jovens pilotos que podem chegar à Fórmula 1 em breve (Parte 2)

Ocon diz que esteve perto de assumir lugar de Bottas na Mercedes