Pedro comemora retorno ao Flamengo e relembra dispensa na base: “Águas passadas”

Jogador passou cinco anos da sua adolescência no clube rubro-negro, mas acabou sendo rejeitado pelo Flamengo

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Marcelo Cortes/CRF

O Flamengo apresentou nesta sexta-feira (24) o seu quinto reforço oficial para esta temporada. Revelado pelo Fluminense e emprestado pela Fiorentina por uma temporada, o atacante Pedro chega ao clube rubro com um longo passado rubro-negro.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Além de Pedro Rocha e Thiago Maia, Pedro também relembrou que é torcedor do clube. O atacante passou cinco anos na base do Flamengo e afirmou que viu de perto o hexacampeonato brasileiro, em 2009. “Estava no Maracanã. Foi um jogo difícil contra o Grêmio, mas conquistamos o título. Fiquei feliz demais”, comentou o novo camisa 21 rubro-negro, que também falou sobre a sua evolução desde a saída do clube na adolescência.

“Venho muito empolgado. Claro, mais amadurecido, mais experiente pela rodagem que tive. Estou feliz demais em vestir o manto novamente. Vou procurar dar o meu melhor aqui sempre.”

Apesar da felicidade em retornar ao Flamengo, o jogador teve de relembrar a sua passagem pelo clube na base. Pedro foi dispensado pelo time rubro-negro, mas usou exemplo de Cafu para superar.  “Fiquei triste no momento, mas são coisas normais no futebol. Tem o exemplo do Cafu, que foi rejeitado em vários clubes. Isso são águas passadas, e agora estou vivendo nova história no Flamengo. Espero ter sucesso agora.”

Antes de ser apresentado, o atacante Pedro treinou ao lado de Michael, Gustavo Henrique, Pedro Rocha e Thiago Maia, novos reforços do rubro-negro para a temporada, sob o comando do português Jorge Jesus. O restante do elenco principal do Flamengo se reapresentarão na próxima segunda-feira, quando o treinador dará início ao ano competitivo do clube que conquistou quase tudo em 2019.;

Confira outros assuntos da apresentação de Pedro no Flamengo:

Passagem na Itália

“Cheguei na Fiorentina, foi montado um planejamento individual para mim. Eu cumpri todos os procedimentos e fiquei à disposição da comissão. Minha não utilização foi por conta da comissão técnica mesmo.”

Jogos contra o Fluminense

“Claro (vou comemorar gols contra o Fluminense)! A reverência (comemoração) é minha marca. Sou profissional. Sempre respeitei o Fluminense, sempre serei grato por ter aberto as portas por mim. Mas agora espero sempre vencer os clássicos.”

Parceria com Gabigol

“Muito bom, é um grande jogador. Foi artilheiro, conquistou títulos. Quem ganha é o Flamengo. Quanto mais jogadores, melhor. Vamos fazer grandes coisas esse ano se ele ficar. Temos muito para conquistar. O Adriano eu acompanhava muito na arquibancada quando era menor, foi um ídolo para mim também. Espero, junto com o Gabigol, fazer grande sucesso aqui no Flamengo.”

LEIA MAIS:

Pedro participa de treino do Flamengo e balança as redes na atividade; assista

Promessa do Flamengo, Lázaro diz ter carinho pelo Real e fala sobre multa de € 80 milhões: “Não me pressiona”