Fã de Cruyff e devoto de futebol ofensivo: quem é Quique Setién, novo técnico do Barcelona

Barcelona confirmou a contratação do treinador espanhol nesta segunda (13)

Flavio Souza
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução / Site oficial Barcelona

O Barcelona começou a semana com mudanças no comando técnico. Ernesto Valverde não resistiu à pressão e foi demitido nesta segunda-feira (13). E o clube já oficializou o novo treinador. Trata-se de Quique Setién, que estava no mercado após ter sido demitido pelo Betis em maio de 2019.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Assumir o comando do Barcelona é um feito para o treinador. Em 2017 ele declarou sua admiração pelo clube ao “jornal “Mundo Deportivo”.

“Tudo que sou como treinador devo ao tanto que corri atrás da bola quando enfrentava o Barça. Quem gosta de futebol gosta do Barcelona”, declarou.

“Copiei muita coisa do Barça desde que se instaurou essa forma de jogar (época de Guardiola). Esse estilo eu já sentia como jogador, já me chamava atenção”, finalizou.

Saiba mais sobre a carreira do novo treinador do Barcelona.

Recuperar o estilo de jogo do Barcelona

A escolha por Quique não foi mero acaso. A direção do clube catalão enxerga no treinador um nome capaz de recuperar o padrão de jogo ofensivo do clube. Nas suas passagens por Lugo, Las Palmas e Betis o novo técnico do Barcelona sempre procurou implementar um estilo de jogo baseado na posse de bola e jogo ofensivo. Inclusive um dos principais feitos pelo Betis foi derrotar o Barça em pleno Camp Nou, pelo placar de 4 a 3.

Esse resultado rendeu ao técnico um presente do volante Sergio Busquets, com a dedicatória “Para Quique, com apreço e admiração por sua maneira de ver o futebol”

Outro ídolo do Barcelona também elogiou o trabalho de Quique. O ex-meia Xavi deixou claro que o técnico teria condições de assumir o clube, em entrevista para a rádio “Cadena SER”.

“O Betis do Setién não apenas tem resultados como também tenta fazer coisas novas. Desde Cruyff que este clube não entende outra forma de jogar futebol. E claro que ele seria adaptável ao Barcelona”, declarou.

E Cruyff também é inspiração para a forma que Quique Setién enxerga o futebol. Em 2017, na mesma entrevista para o “Mundo Deportivo” ele falou sobre o ex-jogador.

“Uma vez, em Santander, disse a Johan Cruyff que teria dado meu dedo mindinho para jogar naquele Barça”.

A confirmação de seu acerto com o Barça foi elogiada pela página do falecido Johan Cruyff no Twitter.

“O treinador mais cruyffista de 2018 agora se junta time de Cruyff. Boa sorte no Barcelona, Quique Setién!”

Carreira de Quique Setién

Com 61 anos, Quique Setién é um dos treinadores mais experientes do futebol espanhol.  Como jogador ele atuou como meia no Racing Santander, seu primeiro clube profissional, além de Atlético de Madrid, Logroñés e Levante.

Pela seleção da Espanha ele jogou apenas três vezes, mas esteve presente no grupo que disputou a Copa do Mundo realizada no México em 1986.

Depois da sua aposentadoria seu primeiro trabalho foi técnico foi no Racing Santander, onde garantiu o acesso à primeira divisão na temporada 2001-2002.  O Logroñés também foi outro time que ele jogou e também treinou. Além destes dois times, Quique comandou o Poli Ejido, o Logroñés e o Lugo, Seleção da Guiné Equatorial, Las Palmas e o Betis, em seu último trabalho.

Conquistas importantes de Quique Setién

Apesar de ter realizado bons trabalhos como treinador, Setién não tem nenhum título importante em sua carreira. Além de comandar o Racing no acesso para a primeira divisão em 2002, ele teve dois feitos pelo Betis.  Sob seu comando, o clube garantiu uma das vagas para a Liga Europa na temporada 2017-18 ao terminar o Campeonato Espanhol na sexta colocação e no segundo ano ele conduziu o time até as semifinais da Copa do Rei.

LEIA MAIS

Não foi só Valverde! Relembre 5 vezes que jogadores apostaram tudo para salvarem seus times e conseguiram

Barcelona: Como a equipe pode jogar sem Luis Suárez à disposição