São Paulo libera um time inteiro e pode ter mais saídas em 2020; veja lista

São Paulo trabalha para enxugar a folha de pagamento e aproveitar os melhores jogadores para o técnico Fernando Diniz

Péterson Neves
Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Com as confirmações das saídas do zagueiro Rony, ao Figueirense, e o goleiro Jean, ao Atlético-GO, o São Paulo aumentou a lista de saídas de 2020 e já liberou um time completo de jogadores que não fazem parte dos planos do técnico Fernando Diniz.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Atualmente, 11 jogadores – atletas comprados ao profissional e jovens da base que foram promovidos – deixaram o Tricolor Paulista e partiram rumo a um novo destino. E ainda há chance do número aumentar até o início do Campeonato Paulista.

Além do zagueiro Rony e o goleiro Jean, o volante Hudson vai jogar 2020 emprestado ao Fluminense, Raniel foi envolvido em negociação de compra dos direitos de Vitor Bueno com o Santos, o meia Thomaz está cedido à Inter de Limeira e o meia-atacante Everton Felipe jogará pelo Cruzeiro.

Em relação aos jovens, o lateral esquerdo Weverson foi emprestado ao Red Bull Bragantino, o centroavante Pedro Bortoluzo jogará no Votuporanguense na Série A2 do Paulistão, o lateral-esquerdo Caíque atuará pelo Botafogo-SP e a dupla Lucas Kal e Geovane vestirão a camisa do América-MG mais uma vez.

POSSÍVEIS SAÍDAS

Com a meta do técnico Fernando Diniz de ter 30 jogadores, 26 atletas de linha e quatro goleiros, no elenco, a lista de saídas ainda pode ter Marquinhos Calanz, Léo Natel, Paulinho Boia, Tréllez e Jonatan Gómez nos próximos dias.

Todos os jogadores estão fora dos planos para 2020 e seus agentes foram liberados para buscarem novo clube.

Devido ao fechamento de 2019 com deficit de R$ 180 milhões, o São Paulo precisa fazer caixa e não deve dificultar a saída de Antony, Arboleda, Walce, Helinho, Liziero, Luan e Alexandre Pato – atletas com boas chances no mercado europeu.

LEIA MAIS
Em despedida, Hudson lamenta falta de títulos no São Paulo e diz sair de cabeça erguida
Sem reforços e com emprestados de volta! Veja como deve ficar o time base do São Paulo em 2020
Jardine critica postura de Mancini e lamenta lesão que atrapalhou Hernanes no São Paulo