Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Titularidade de Veiga no Palmeiras é questionada por comentarista da ESPN, mas Luxemburgo trata atleta como “imprescindível”

Técnico disse que não vai tirar o jogador do time titular do Palmeiras

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação

O técnico Vanderlei Luxemburgo não abre mão de contar com o meia Raphael Veiga como titular do meio-campo do Palmeiras, mesmo com o jogador atuando fora de sua posição original.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Aberto pelo lado esquerdo, o atleta tem sido cobrado por boa parte da torcida e também pela imprensa.

“A posição do Raphael é onde está jogando o Lucas Lima. Não vou descartar o Raphael, porque ele é um bom jogador e eu estou o sacrificando, tentando achar um jeito de colocar ele com o Lucas jogando, mas está tendo dificuldade de jogar do lado do campo e vir para dentro negociar uma bola. Com tempo, com calma, talvez com outro jogador ele venha a disputar posição com o Lucas Lima por dentro”, disse Luxemburgo após a vitória por 4 a 0 do Palmeiras sobre o Ituano.

Enquanto Veiga esteve em campo, a equipe pouco criou e virou o primeiro tempo empatando por 0 a 0. Após sua saída da equipe e a entrada de Gabriel Veron, o time melhorou e construiu a goleada.

“Ele vai ser imprescindível porque tem muita qualidade técnica. Eu respeito as críticas, fazem parte do trabalho, mas não é por isso que vou tirá-lo e acabou.”

A fala de Luxemburgo de que Veiga é “imprescindível” e que não vai sacá-lo do time titular por enquanto contrastam com o comentário do jornalista Gian Oddi, da ESPN, durante o programa Linha de Passe.

O analista disse que ficou comprovado nos três jogos do Palmeiras no ano até aqui que o atleta não pode atuar na função que está designado.

“Raphael Veiga é para disputar vaga com o Lucas Lima centralizado”, decretou Oddi.

“Tem vários jogadores para atuarem abertos pelo lado esquerdo ou direito que não tem essa característica do Veiga, que não é para jogar por ali. É o terceiro jogo que le não consegue jogar ali. É melhor para ele disputar posição com o Lucas Lima. Tem o Gabriel Veron, tem o Willian, o Zé Rafael que entrou bem como segundo volante. É uma resposta que ele teve com três jogos e acho difícil mudar.”

O Palmeiras busca no mercado exatamente um jogador para a função. A primeira opção do clube é Rony, atualmente no Athletico Paranaense.

Leia mais:
Ex-Palmeiras, Deyverson não vê diferença entre Campeonato Espanhol e Brasileirão: “serei o mesmo jogador”