Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fora dos planos de Dudamel, quarteto treina separado no Atlético-MG

Técnico do Atlético não quer trabalhar com um plantel grande; jogadores buscam novo clube para 2020

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Bruno Cantini/CAM

A diretoria do Atlético segue atenta ao mercado e espera fechar a vinda de novos jogadores. Recentemente, o vice Lásaro Cândido da Cunha disse ao Globoesporte.com que ao menos mais dois nomes poderiam chegar ao Galo. Além de reforçar o grupo, o alvinegro precisa também definir o destino de outros que estão fora dos planos da atual comissão técnica.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Atualmente, o quarteto formado por Clayton, Lucas Cândido, Mansur e Hyuri treinam separado do elenco comandado por Rafael Dudamel. Neste período, a cúpula do Atlético chegou a receber algumas sondagens de outras equipes, mas nada que tenha atendido ao desejo alvinegro.

Nos últimos dias, o Figueirense admitiu o interesse de poder novamente contar com Clayton. Com o Galo, ele possui vínculo até o final desta temporada. O clube catarinense estaria disposto a pagar 15% do seu salário do atacante, sendo o restante bancado pelos mineiros.

“Se puder reduzir o valor do Atlético-MG, isso também é interessante. O Clayton é que precisa decidir o que ele pretende para o futuro. Ele aguardou propostas de outros clubes, as janelas foram se fechando, as opções estão diminuindo. O Figueirense mantém o interesse, mas não tem como fugir de uma premissa que já foi estabelecida”, disse Chiquinho de Assis, presidente do Figueira ao GE.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

Atlético

Lucas Cândido

Revelado pelo Galo, Lucas Cândido nunca conseguiu se firmar entre os profissionais. Em 2019, fez apenas cinco partidas com a camisa atleticana, todas pelo Campeonato Mineiro. Mais tarde, foi emprestado ao Vitória para a disputa da Série B, onde fez 25 jogos.

Hyuri

Na temporada passada atuou pelo Sport. O atacante disputou 21 partidas e marcou três gols, todos pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Contratado em 2016, Hyuri teve um bom início pelo Atlético na ‘era Aguirre’, mas a queda de rendimento prejudicou sua continuidade. Desde então, foi emprestado para outras equipes. A tendência é que o cenário seja o mesmo em 2020.

Mansur

Aos 26 anos, é mais um terá outro destino. Atleta do São Bento em 2019, o jogador chegou ao Atlético em 2015, mas não caiu nos braços da Massa.

Procurado, o Atlético informa que todos foram respeitosamente comunicados da decisão e que o clube tenta realocá-los em outras agremiações.

LEIA MAIS: