La Liga divulga limite de gastos de clubes de Primeira e Segunda divisão

Sem surpresas, ranking sobre teto de despesas salariais tem Barcelona, Real Madrid e Atlético de Madrid nas três primeiras posições

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação/Facebook/FC Barcelona

Encerrada a janela de transferências do mercado de janeiro, a La Liga divulgou, nesta quinta-feira (13), o valor máximo que gastam com salários cada clube das duas primeiras divisões do futebol espanhol na atual temporada.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Na lista, entram os custos envolvendo jogadores, treinadores, auxiliares e preparadores físicos dos elencos principais das agremiações, além de despesas com filiais, formação de atletas e outros componentes.

O Barcelona é o que encabeça o ranking com 656,429 milhões de euros. Na sequência aparece o Real Madrid (641,049 milhões). Em terceiro lugar, porém numericamente bem atrás, está o Atlético de Madrid (348,500 milhões).

Veja também:

Copa do Brasil tem quatro jogos AO VIVO no SporTV, que também exibe Corinthians no feminino e Flamengo nas areias nesta quinta (13); veja

Chelsicha, tiozão do churrasco, Silvio Luiz e mais: 5 motivos para ter saudade do Rockgol