Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

5 vezes em que Didier Drogba resolveu dentro de campo

Um dos maiores jogadores da história da Premier League, Drogba completa 42 anos nesta quarta-feira (11)

Matheus Expedito
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. 22 anos. Amante do esporte bem jogado e admirador de boas histórias.

Crédito: Divulgação/ Chelsea

O marfinense Didier Drogba completa 42 anos de idade nesta quarta-feira (11). Considerado um dos maiores jogadores africanos da história, o ex-atacante colecionou ótimos momentos com a camisa do Olympique de Marseille, Guingamp, Galatasaray e, principalmente, no Chelsea, onde se tornou um dos grandes ídolos da história do clube.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Pensando nisso, o Torcedores relembrou de alguns desses momentos em que o marfinense resolveu dentro de campo.

Semifinal da Europa League de 2003/2004

Antes de jogar nos Blues, o atacante teve uma excelente temporada com a camisa do Olympique de Marseille. Ele foi o grande responsável pelo vice-campeonato da Europa League de 2003/2004, quando a equipe foi derrotada para o Valencia na decisão. Mas o grande momento do africano aconteceu na fase anterior, quando marcou os dois gols da vitória sobre o Newcastle.

Decisão da Copa da Liga Inglesa de 2004/2005

O primeiro título com a camisa do Chelsea também foi marcante para o Didier. Diante do Liverpool, no Millennium Stadium, os blues levaram a partida para a prorrogação após o empate por 1 a 1 no tempo normal. O que muita gente não esperava é que os 30 minutos complementares seriam ainda mais emocionantes. Drogba fez o primeiro e pouco depois o companheiro de ataque Mateja Kezman anotou o segundo. Ainda daria tempo para os Reds descontarem.

Quartas de final da Champions 2004/2005

Curiosamente, o atacante já tinha um histórico de atrapalhar os planos do Bayern de Munique. Nas quartas da orelhuda de 2004/2005, Didier marcou gols nos dois embates, dentro e fora de casa. O mais significativo aconteceu dentro do antigo Estádio Olímpico de Munique, no jogo da volta, quando praticamente decretou a eliminação dos baváros.

Último feito pelo Chelsea em 2014/2015

O atacante retornou ao clube na temporada 2014/2015 para encerrar definitivamente sua trajetória pelos Blues. E, mais uma vez, teve um papel de destaque. Precisando de duas vitórias para levar o título da Premier League, o Chelsea visitava o Leicester, que era o atual campeão do torneio. O africano empatou o confronto e impulsionou a virada da equipe, que marcou com John Terry e Ramires posteriormente. Esse triunfo foi primordial, tendo em vista que o time londrino ergueu a taça na partida seguinte.

Final da Champions League – O grande ato

Logicamente que a decisão da orelhuda de 2011/2012 ficaria por último nessa lista. A partida histórica contra o Bayern de Munique ainda está bem fresca na memória dos torcedores. Mas antes de falar da decisão, é importante mencionar que o atacante já tinha sido destaque contra Napoli e Barcelona, nas oitavas e semifinais, respectivamente.

A partida do dia 19 de maio de 2012, justamente na casa dos Baváros, a Allianz Arena, colocou grandes jogadores frente a frente – Neuer, Toni Kroos, Frank Lampard, Ashley Cole, entre vários outros. Até os 38 minutos da segunda etapa a decisão estava empatada, mas Thomas Muller abriu o placar e colocou pressão em cima dos Blues. Foi então que a imagem de Didier Drogba apareceu cabeceando com votande, sem chances para o arqueiro da Seleção Alemã.

Na decisão por pênaltis ainda brilhou a estrela do goleiro Petr Cech, que defendeu a cobrança de Thomas Muller. Mas o grande nome novamente foi o marfinense, que fechou as cobranças e garantiu o primeiro e único título da Champions League do Chelsea.

 

LEIA MAIS: