Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Chelsea divulga que o atacante Hudson-Odoi está com coronavírus

Após o caso ser confirmado, o Chelsea anunciou que adotará o processo de quarentena

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Divulgação/Chelsea

Em seu site oficial, os Blues divulgaram que Hudson-Odoi testou positivo para o coronavírus. Dessa forma, todas as pessoas que tiveram contato com o jogador, incluindo seus companheiros de time, vão ter que ficar isolados por medida de segurança. Com isso, parte das instalações do CT permanecerá fechada de maneira temporária. A intenção é que a epidemia não se alastre ainda mais.

“O grupo do Chelsea que teve contato próximo recente com o jogador na equipe masculina agora se auto isolará de acordo com as diretrizes de saúde do governo. Isso incluirá inicialmente o time masculino completa, a comissão técnica e um número de funcionários”, informou o comunicado.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Leia abaixo o restante da nota oficial divulgada pelo Chelsea.

“Espera-se que aqueles que não tiveram contato próximo com Callum retornem ao trabalho nos próximos dias. Enquanto isso, o prédio da equipe masculina, um dos vários prédios separados em nosso campo de treinamento, permanecerá fechado. O restante de nossas instalações de treinamento, Stamford Bridge e outras instalações estão operando normalmente. Callum apresentou sintomas semelhantes a um resfriado leve na segunda-feira de manhã e não está no campo de treinamento desde então como precaução. No entanto, seu teste foi positivo esta noite e ele passará por um período de auto isolamento. Apesar de ter sido positivo para o vírus, Callum está indo bem e ansioso para retornar ao campo de treinamento o mais rápido possível. Continuaremos a aderir às diretrizes do governo e de saúde pública em relação às nossas instalações e funcionários e discutiremos os próximos passos com relação aos próximos jogos com a Premier League na manhã de sexta-feira. Forneceremos outras atualizações, conforme necessário, no site do clube. Desejamos a Callum uma rápida recuperação e esperamos recebê-lo de volta ao clube em breve”, informou o time.

Além de Hudson-Odoi, Mikel Arteta, treinador do Arsenal, também foi diagnosticado com coronavírus. Dessa forma, mesmo com a Premier League assegurando a realização da rodada do fim de semana, adiamentos nas partidas podem ser anunciados em breve.

LEIA MAIS