Ex-jogador fala em desesperança de ter Harry Kane no Manchester United

Atacante inglês vem sendo alvo de cobiça de diversos grandes clubes europeus

Ítalo Bruno
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Twitter

Atacante do Tottenham, Harry Kane se tornou desejo de diversos clubes no futebol europeu. O jogador de 26 anos figura entre os melhores do mundo na posição atualmente, o que faz com que Rio Ferdinand, ex-zagueiro da seleção inglesa e do Manchester United, o deseje vestindo a camisa dos Red Devils.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

Mesmo com o Tottenham ocupando apenas a 8ª colocação na Premier League, o que hoje deixaria a equipe de Londres fora da próxima edição da Champions e poderia motivar Harry Kane a deixar o clube, Ferdinand identifica um fator que não o deixa confiante diante da possibilidade do jogador atuar pelo United.

Para o ex-jogador, Mourinho não permitiria a saída do jogador para um clube rival na Premier League, e acredita também que o fato do português ter sido demitido do United em 2018, seria mais um fator que pesaria nesta situação.

“É claro que você aceitaria Harry Kane porque ele é um jogador de topo, garantindo gols, mas não vejo o Tottenham o deixando ir”, disse Ferdinand.

Antes da parada por conta do coronavírus, Harry Kane não vinha atuando por conta de uma cirurgia. Com a camisa do Tottenham na Premier League, o atacante soma 198 partidas e 136 gols marcados.

Além do United, o Manchester City e a Juventus também aparecem na lista dos principais interessados em contar com o futebol de Kane já na próxima temporada. Vale ressaltar que atualmente o Manchester United é o 5 º colocado da Premier League, o que assim como o Tottenham, o deixa fora da próxima Champions

Leia mais

VAR admite erro por não expulsão de Lo Celso após pisão em Azpilicueta

Solskjaer se mostra favorável a redução da temporada, por conta do coronavírus

Fàbregas questiona primeiro ministro britânico: “Porque não fecham já as escolas?”

Técnico do Arsenal, Arteta testa positivo para o coronavírus

Gary Neville coloca seu hotel à disposição para hospedagem de doentes diante da pandemia do coronavírus

Reunião define prorrogação da paralisação do futebol na Inglaterra

Willian fala em honrar compromisso com o Chelsea e diz que jogaria até mesmo sem contrato