Ex-treinador da Espanha diz não ter se surpreendido com candidatura de Casillas

Campeão da Copa do Mundo em 2010, na África do Sul, pela Fúria, Vicente Del Bosque relembra conversas em que goleiro indicava desejo de ser presidente da Federação

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação / FC Porto

Um dos candidatos na próxima eleição para presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) será Iker Casillas. Em fevereiro, o ex-goleiro anunciou que concorrerá ao cargo. A notícia não foi surpresa para Vicente Del Bosque. Em entrevista ao programa esportivo “El Partidazo de COPE”, da Rádio “Cadena COPE”, o comandante do título mundial da Espanha em 2010 comentou sobre o assunto.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Não fiquei surpreendido porque em muitas conversas privadas e mesmo nas concentrações com os colegas, ele dizia que queria ser presidente da Federação Espanhola. Sempre o disse aos companheiros. Entende que é uma pessoa que deu muito ao futebol e a quem o futebol lhe deu também muito e que por esse motivo tem a responsabilidade social, corporativa e individual de retribuir o que recebeu do futebol”, disse o ex-treinador, que ao ser questionado se votaria em Casillas, sorriu e deu uma resposta inconclusiva: “Como sabem, o voto é secreto”, afirmou.

Na ocasião em que comunicou que concorreria ao posto, o ídolo do Real Madrid demonstrou confiança na vitória: “Vou me apresentar como candidato quando forem convocadas as eleições. Juntos vamos colocar nossa Federação na altura do melhor futebol do mundo: o da Espanha. Estamos trabalhando com o máximo de respeito, e mais de 23 mil eleitores nos esperam em uma eleição justa e transparente”, declarou à época.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Leia também:

Bruno Fernandes relembra gesto de Cristiano Ronaldo na Seleção Portuguesa