Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Godín crítica realização de jogos em meio à pandemia de Coronavírus: “No início não deram grande importância”

Zagueiro da Inter de Milão acredita que jogos do Campeonato Italiano deveriam ter sido suspensos antes da crise se agravar na Itália

Cleverton Silva
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução / Site Oficial da Inter de Milão

De volta ao Uruguai após realizar quarentena na Itália, o zagueiro Diego Godín, da Inter de Milão, criticou a realização das partidas de futebol em solo italiano, em meio à pandemia de Covid-19.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em entrevista à ESPN, Diego Godín declarou que os atletas ficaram expostos até o último minuto. Ele declara, a Federação Italiana de Futebol e as autoridades só agiram quando o zagueiro Rugani, da Juventus, testou positivo para o Coronavírus.

Continuamos a jogar durante várias semanas, continuamos a treinar. Estivemos expostos até ao último momento. Continuaram a esticar a corda para nós jogarmos e só pararam quando a situação se tornou insustentável. Foi quando o Rugani acusou positivo que decidiram colocar uma trava, mas de certeza que outros jogadores foram infectados entretanto“.

Ainda de acordo com o capitão da seleção uruguaia, os italianos não deram importância para o surto de Covid-19. Ele diz que ter tomado alguma media drástica poderia ter evitado toda a propagação em massa do Coronavírus.

No início não deram grande importância. Achavam que era um problema da China e que não ia chegar aos outros países. Tomaram medidas graduais, demasiado lentas. Se o fizessem drasticamente, podiam ter evitado o que aconteceu“.

LEIA MAIS

Pedro admite que Chelsea precisará de uma nova pré-temporada ao fim da pandemia de Coronavírus

Piqué mostra otimismo em ‘vitória’ contra o Coronavírus: “Vamos resolver isso juntos”

Técnico da Bélgica acredita que Hazard dará volta por cima no Real Madrid: “Focado em se recuperar”

Deco relembra história de Carlos Alberto e Mourinho no Porto: “Era moleque para caramba”

Presidente do Bayern de Munique revela que negociações por reforços foram paralisadas