Mourinho descarta fracasso em caso de temporada sem títulos no Tottenham

Spurs entram em campo nesta quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), contra o Norwich, pelas oitavas de final da Copa da Inglaterra

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação/Facebook/Tottenham Hotspur

Anunciado em 20 de novembro de 2019, José Mourinho tem a missão de salvar a temporada do Tottenham. Eliminado da Copa da Liga Inglesa antes da chegada do português, atual sétimo colocado da Premier League e derrotado (1 a 0) em casa pelo RB Leipzig, na primeira partida das oitavas de finais da Liga dos Campeões, o time de Londres tem pouco tempo e muitos obstáculos para reverter o rumo da trajetória. Antes de enfrentar o Norwich, valendo vaga nas quartas da Copa da Inglaterra, o treinador descartou o rótulo de “fracasso” em caso de encerrar 2019/2020 sem gritar “é campeão”.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Não. Porque cheguei no meio da temporada e houve muitas circunstâncias difíceis. Não o sentiria dessa forma, de todo”, respondeu, em coletiva de imprensa, o comandante que almeja festejar na passagem pelo clube.

“Quero conquistar um troféu com o Tottenham. Esse desejo não mudou. Nesta temporada, as circunstâncias não são fáceis. O fato de não ter podido disputar a Copa da Liga me retirou uma oportunidade de conquistar um título. Quando cheguei, estávamos a 12 pontos do quarto colocado e a 30 do primeiro. Por isso, a Premier League também ficou impossível”, disse.

Nesta quarta-feira (4), a partir das 16h45 (de Brasília), os Spurs recebem o lanterna do Campeonato Inglês pelas oitavas do torneio de mata-mata que restou aos londrinos em âmbito nacional. Chance para manter viva uma possibilidade de taça, ainda que a lista de desfalques seja longa.

“Nesta competição, somos uma de 15 equipes, porque o Portsmouth está fora (foi eliminado pelo Arsenal na segunda-feira), que têm um sonho pelo qual lutar. Não interessa se estamos sem Kane, Sissoko, Lloris ou Son. Enquanto estivermos em prova, vamos lutar por esse sonho”, destacou o treinador.

Leia também:

Após gol em clássico, Vinícius Júnior celebra vitória do Real sobre o Barcelona: “Vou seguir aqui por muito tempo e ganhar títulos”

Mourinho desabafa após derrota para o Chelsea: “Não temos um atacante e temos jogadores cansados”