NFL: Seattle Seahawks assina com Wide Receiver Phillip Dorsett

Após três temporadas com o New England Patriots, o recebedor de 27 anos assinou com o Seattle Seahawks por um ano para jogar a temporada 2020 da NFL

Matheus Ornellas
Colaborador do Torcedores.com que cobre os esportes americanos.

Crédito: Instagram da NFL

Após sofrer com poucas peças de nome entre seus recebedores, o Seattle Seahawks assinou com o Wide Receiver Phillip Dorsett para a temporada 2020 da National Football League (NFL). O recebedor de 27 anos tem passagem pelo Indianapolis Colts e pelo New England Patriots. Agora, em sua sexta temporada na liga, ele migra para a divisão Oeste da Conferência Nacional.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Carreira na NFL

Vindo na universidade da Flórida, Dorsett foi a vigésima nona escolha geral do Draft de 2015. Porém, em sua primeira temporada, ele não acabou vingando a aposta dos Colts. Ele teve somente 18 recepções, para 225 jardas e um touchdown. Ele ainda sofreu dois fumbles durante a temporada. No ano seguinte, ele teve certa melhora. Sendo titular em sete partidas, ele teve 528 jardas e dois touchdowns em 33 recepções.

Na temporada seguinte, a franquia de Indianapolis precisava de um novo QB. Em negociação com os Patriots, Phillip Dorsett foi trocado por Jacoby Brissett. Jogando em Boston, ele conseguiu sua primeira ida ao Super bowl, mesmo sem grande participação. Ele não teve viagens até a endzone e teve menos de 200 jardas em 12 recepções.

Em 2018, uma melhora foi nítida. O Wide Receiver teve 32 recepções em 42 vezes que foi alvo de Tom Brady. Ele ainda teve três touchdowns. Em sua última temporada com os Patriots, ele teve seu melhor ano. Bom, ele teve menos recepções e jardas, porém anotou 5 vezes, sua melhor marca.

O Seattle Seahawks ganha com experiência, sem grandes riscos

O jogador chega para um corpo de recebedores muito jovens no Seattle Seahawks. O mais velho da unidade é Tyler Lockett, que tem 27 anos. Dorsett pode ser uma arma de segurança, além de ajudar no desenvolvimento das jovens peças dos Seahawks.

LEIA MAIS