Promessa japonesa do Real Madrid deve demorar para estrear na equipe

Takefusa Kubo está emprestado ao Mallorca até o fim da temporada e tem retorno dependente de fatores como a saída de Modric

Luis Feitosa
Jornalista graduado e amante de futebol e futebol americano

Crédito: Divulgação/Real Madrid

Uma das grandes promessas do Real Madrid tem um retorno incerto a equipe e deve ser novamente emprestado. Ainda sem estrear pelos merengues, Takefusa Kubo está emprestado ao Mallorca e não conta com fatores favoráveis para voltar para o time.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Kubo chegou ao Real Madrid no início da temporada 2019 após uma boa temporada no Yokohama Marinos. Um mês depois, o japonês acabou sendo transferido para o Mallorca e tem ajudado a equipe durante o empréstimo de um ano. No entanto, Kubo tem o contrato expirando no meio do ano e não há nenhuma certeza que a volta será para o Real Madrid.

Uma provável transferência de Modric, as contratações na próxima janela de transferências e o retorno de Odegaard são algumas das condições que esbarram no retorno de Kubo. O objetivo do Real Madrid é que o meio campista seja convencido por Zidane para não disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio e estar com o time na turnê de pré-temporada. A ideia seria utilizar o jogador e conseguir um empréstimo para um clube que dispute competições europeias. Os madridistas até tinham a intenção de ficar com Kubo, mas a quantidade de extracomunitários impede que o clube relacione o meia para alguma competição.

Com a camisa do Mallorca, Kubo tem 25 jogos com 3 gols e 3 assistências. O japonês é o nono jogador em tentativas de dribles  da La Liga (74), 18º em dribles completos (34), 10º em faltas recebidas (46) e 27º em lances completos (16).

LEIA MAIS:

Zidane: “Hoje sou treinador do Real Madrid, mas isso pode mudar amanhã

“Sumiço” de James Rodríguez no Real Madrid preocupa Carlos Queiroz, técnico da Colômbia

Figo diz que só volta ao Sporting para ser presidente